.

.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Marquinhos Mossoró causa medo no CSA

O anúncio do nome de Marquinhos Mossoró para trabalhar no futebol do CSA abalou as estruturas do futebol alagoano. É que anos atrás ele atuou no clube na condição de jogador, quando para aumentar a renda familiar vendia tênis. Deixou o Azulão como credor de muita gente diretamente ligada ao futebol.

 Tênis: solução para os pés e problema para a cabeça de muitos

Agora, na longa caminhada de volta  à capital alagoana, Mossoró promete trazer uma planilha excel repleta de nomes e dos respectivos débitos corrigidos monetariamente, além de procurar receber os valores de cada devedor. Diante da informação é quase certo que muita gente vai evitar pisar no CSA.

CBF esclarece dúvida

Lúcio confirma os 14 gols

Estabeleceu-se uma confusão muito grande em torno do número de gols marcados pelo atacante Lúcio Maranhão (Asa), no Brasileiro da Série B deste ano. A dúvida era se o jogador teria 15 ou 14 gols na competição. Para acabar com a polêmica e esclarecer o assunto, o Blog foi beber na fonte. Consultada a respeito do tema, a CBF, na pessoa do ouvidor da competição, respondeu conforme abaixo.

Prezado Fernando,

Agradecemos sua mensagem e informamos que o jogador Lúcio Maranhão (ASA) possui o saldo de 14 gols, até a 31ª rodada da Série B/2012, conforme súmulas cadastradas em nosso sistema.

Atenciosamente,
 
ROBERTO SARDINHA
Confederação Brasileira de Futebol (CBF)
DCO - Ouvidor Geral das Competições Nacionais

Pronto. Não resta mais dúvida. Como Lúcio não marcou contra o Goiás (o Asa perdeu por 4x0) e não jogou contra o Bragantino (3º amarelo), jogos depois da 31ª rodada, entra em campo, hoje à noite, para jogar contra o América-MG com 14 gols. Agora só erra a contagem quem quiser.

Chicão está certo

A polêmica estabelecida em torno do árbitro de futebol Francisco Carlos do Nascimento, o Chicão, por ter anulado um gol sabidamente ilegal do Palmeiras no jogo com o Internacional, já que foi feito com a mão, não é surpresa para mim, pois é uma questão típica do Brasil, um país que tem a corrupção no DNA dos nascidos na Terra Brasilis e que possui tradição em condenar quem faz o certo e abraçar o malfeitor.

Chicão acertou ao anular gol de Barcos

Não interessa quem o árbitro consultou antes de tomar a decisão. A consulta é um atributo dele, visto que trata-se apenas de uma consulta, como o próprio verbete encerra em si. A decisão foi dele, respaldado no poder discricionário que tem quando usa o apito. Poderia, até, ter perguntado a um repórter atrás do gol, a um espectador ou a um observador postado na Lua ou em Marte, desde que o objetivo fosse, como foi, evitar um erro. Outra coisa. Antes de a bola rolar, ou seja, do jogo ser reiniciado, o árbitro tem a faculdade de voltar atrás de qualquer decisão errônea que tenha tomado. É o chamado tempo de reflexão.

Sou amante da polêmica, mas esta é infundada, maledicente, carregada de desconhecimento e, talvez, financiada por interesses escusos, mas, em se tratando de Brasil, é um fato "normal". Um dia seremos um país de vergonha, aí os homens, que serão de bem, terão nojo de defender ilegalidades. Parabéns, Chicão!


segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Fernando Murta comenta regulamento do Alagoano de 2013

Clique abaixo e ouça a opinião de Fernando Murta, na 96 FM Arapiraca, a respeito do Campeonato Alagoano de 2013. 

video

Segundo rebaixado do Alagoano de 2013 pode ser decidido nos Tribunais

O Regulamento do Alagoano de 2012 já deixou amarrado a fórmula de disputa do Campeonato de 2013. Teremos oito clubes na primeira fase (Asa e CRB ficam fora) e 6 na segunda (quatro classificados da primeira, mais Asa e CRB). Os quatro primeiros colocados do hexagonal (segunda fase) jogam em cruzamento olímpico para que se conheçam os dois finalistas e, conseguintemente, o campeão. Até aí tudo como manda o figurino.

O problema está no rebaixamento. O artigo décimo diz que os rebaixados serão "As duas últimas colocadas" de um quadrangular que será disputado pelas equipes que não conseguirem classificação para a segunda fase (hexagonal). Só que para complicar,  no décimo primeiro está escrito que "Caso o representante de Alagoas no Campeonato do Nordeste seja o último colocado do hexagonal, fará duas partidas com o penúltimo colocado para decidir o segundo rebaixado".

Entendo que o legislador quando se refere ao penúltimo colocado quis fazer referência ao penúltimo do "quadrangular da morte", mas não deixou a ideia clara. Outro ponto que questiono é o choque de artigos (décimo e décimo primeiro). Se o pimeiro já define quem são os rebaixados não há motivos para o segundo estabelecer situação diferente, ainda mais porque não considero justo rebaixar alguém que chegou a fase principal da competição, o hexagonal.

Os clubes não podem deixar esta redação ser incorporada ao Regulamento do Alagoano de 2013, sob pena de vermos o segundo rebaixado ser decidido nas barras dos tribunais. Quem avisa, amigo é, e o nosso papel é alertar antes que se faça alguma bobagem. Está dito. Agora é com os clubes e a Federação.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Correios lança selo em homenagem ao Asa

Os 60 anos de vida do Asa ficarão marcados para o resto da vida da Agremiação através de um selo personalizado. O evento de lançamento acontecerá no Centro de Apoio as Escolas de Tempo Integral III - Planetário, às 10h da próxima terça, 30,  data em que Arapiraca  comemora 88 anos de Emancipação Política. Durante o evento serão homenageadas pessoas e lembrados os grandes momentos  da vida  do clube. 

Selo comemorativo dos 60 anos do Asa

Parabéns ao Asa e à cidade de Arapiraca por terem entendido a importância de registrar o momento para a posteridade! Vale lembrar que os Correios tentaram fazer o mesmo com o CRB - Centenário - e não obtiveram resposta positiva dos mandatários do Regatas. Como percebe-se, o Marketing do Asa está bem à frente dos demais clubes alagoanos.

Aniversário do Rei Pelé

Trapichão de idade nova

Inaugurado em 1970, o Estádio Rei Pelé completa, hoje, 42 anos de existência, já tendo sido palco de momentos memoráveis do futebol alagoano e brasileiro. Pena que esteja moribundo e descuidado na meia-idade. Torcemos para que possa um dia voltar ser o "Orgulho do Nordeste e vaidade do alagoano",  como dizia Sabino Romariz. Mesmo assim, parabéns para ele!

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Cronista se oferece ao CSA

Estou chocado com a informação que recebi dando conta que um cronista esportivo, que sonha em ser técnico de futebol, teria se oferecido para trabalhar no CSA. O cargo pretendido pelo homem da mídia seria o de Diretor de Futebol. Ele teria pedido a um membro da comissão técnica do clube para indicá-lo para a função e em contrapartida assumido o compromisso de, em não se concretizando a transação, indicar o interlocutor para trabalhar em uma outra importante associação, caso um cargo nesta segunda equipe fique vago para a temporada 2013.


O fato me faz tremer as carnes. É um submundo desleal e desonesto, para não usar adjetivos mais pesados, e que assassina a ética profissional, tanto do futebol, quanto da mídia. Lamento a falta de compostura dos envolvidos na negociata e espero que episódios nebulosos como este desapareçam do mundo do futebol.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Condenada quadrilha do PT

STF começa a mudar a história jurídica brasileira

Quase ninguém acreditava, mas o Supremo Tribunal Federal (STF) condenou José Dirceu, José Genoíno, Delúbio Soares, Marcos Valério e mais outros 6 réus por formação de quadrilha. A pena imposta a quem tem muito poder e acreditava que nunca a ladroagem daria em nada neste país, tem uma simbologia própria e serve como divisor de águas na história político-judiciária do Brasil. Agora sabemos que ladrão de gravata também é condenado. E ainda tem bandideco de Estatal que pensa que ficará “palitando os dentes”. O dia destes malfeitores também vai chegar. A decisão do STF, seguramente, descerá em cascata por sobre as instâncias inferiores, e aí, quem for podre que se quebre. Parabéns ao Supremo!

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Conflito no Estatuto do Asa pode atrapalhar eleição na Agremiação

 Torcida aguarda para saber quem será eleito

O Asa vai eleger o Conselho Deliberativo e a Diretoria Executiva para um novo biênio, em novembro. A Assembleia escolherá o novo Conselho e a este caberá eleger a Executiva. Ato contínuo os eleitos tomarão posse. 

Só que pelo Estatuto da Agremiação não é bem assim. O artigo sexto diz que a Assembleia elegerá o Conselho Deliberativo na primeira quinzena de julho, ou seja, o mandato do atual Conselho já expirou faz aproximadamente 3 meses. Ainda segundo o  sexto, a Diretoria Executiva será eleita pela Assembleia, mas o texto se choca com o artigo 15º, que diz ser atribuição privativa do Conselho Deliberativo a eleição da Executiva.

O Blog conversou com o Vice-Jurídico do Asa José Ventura Filho e obteve a informação de que a divergência no texto deveu-se ao fato de, após elaborado por especialistas na área jurídica, ter sido, por decisão do Conselho da época, reformado por leigos, gerando o choque entre os artigos.

A solução é a convocação da Assembleia, antes da eleição de novembro, para reformar o Estatuto em tempo hábil e dar legalidade ao pleito que se aproxima, resguardando os interesses do Asa e dos eleitos. Mesmo todos estando unidos no presente momento, nunca se sabe o dia de amanhã.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Infeliz sofisma

Não é momento de o Galo pisar na bola

"Não há motivo para preocupação porque o CRB não está na Zona do Rebaixamento". O sofisma disparado por um setorista do CRB é, no mínimo, irresponsável, carregado de bajulação e em nada ajuda o Clube a sair da incômoda situação em que se encontra. Quero acreditar que foi apenas um momento de vacilo do profissional, que pensou uma coisa e vomitou outra. 

A desastrada colocação é mais ou menos assim: Houve um tremendo abalo sísmico, nossa casa está na iminência de desabar, mas como não ruiu ainda, não há motivo para preocupação. Somente se ela for ao chão é que pensaremos no assunto. Só que aí já será tarde demais, todos poderão estar soterrados e sem poder fazer mais nada.

A situação é preocupante, sim. As providências a serem adotadas são para ontem. Fechar os olhos para o perigo é ser vocacionado para o suicídio. Ufa!

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Asa ou Vitória, afinal quem jogou melhor?

Interessante é ver como um mesmo evento pode ser descrito de forma tão diferente. Foi assim com a vitória do Vitória por dois a zero em cima do Asa. O sítio oficial do representante de Alagoas destaca que o "ASA joga de igual para igual, mas acaba derrotado pelo Vitória", enquanto que o site do time baiano anuncia que "O Vitória dominou o jogo inteiramente".

  Melhor em campo, Gilson  não impediu a derrota do Asa

Fico com a versão dos donos da casa. Vi um Asa inteiramente dominado pelo adversário que foi superior o tempo todo e mereceu vencer, aliás, não fosse o goleiro Gilson e o Fantasma teria saído goleado do Manoel Barradas.

Diga não ao aumento do número de vereadores por Maceió

Câmara de Maceió: sonho de consumo de incompetentes

A malfadada ideia dos candidatos derrotados na última eleição para a Câmara Municipal de Maceió, de aumentar o número de vereadores de 21 para 31, precisa ser repudiada pela população. Trata-se de uma agressão ao povo que paga impostos e, em última análise,  sustenta um bando de inoperantes (exceções existem), despreparados, ligados a uma elite politica viciada, com baixa instrução etc.  Eles só querem mesmo é o salário no final do mês e as mordomias sustentadas com o dinheiro do erário. 

Fatos

A Constituição reza que é atribuição da Câmara Municipal a fixação do número de vereadores na Lei Orgânica do Município. O prazo para isto expirou em  30 de junho passado, portanto a proposição é extemporânea.
 
O TSE já respondeu esta  questão da seguinte forma: “A fixação do número de vereadores para o próximo pleito é da competência da Lei orgânica de cada município".

Então, queridos perdedores rejeitados pelo povo, conformem-se com o resultado das urnas, estudem, se qualifiquem, façam um bom concurso público, procurem ganhar o pão de cada dia com o suor do próprio rosto e estejam conscientes que a "mamata" acabou. O contribuinte não está disposto a sustentá-los ad eternum.


terça-feira, 16 de outubro de 2012

Como Lewandowski julgaria Hitler

Recebi o texto, via email, e por achá-lo interessante resolvi dividir com o amigo internauta. Antecipadamente peço desculpas por ser longo demais, inadequado para a internet, mas, mesmo assim, abrindo uma exceção, resolvi publicá-lo.

Senhores, não existem filmes, fotos, nem testemunhas de Hitler abrindo registro de gás em campos de concentração, nem apertando o botão de uma Bomba V2 apontada para Londres, pilotando um caça Stuka, dirigindo um tanque Panzer, disparando um torpedo de um submarino, demonstrando habilidades no manuseio de um canhão; manipulando uma metralhadora, uma pistola,  ou simplesmente dirigindo um jipe Mercedez Benz acompanhado do general Von Rommel pelos desertos do norte da África.

Por isto, parece claro que não existe nada a incriminá-lo. Com certeza, ele não sabia de nada. Não via nada. A oposição diz que foram queimados documentos incriminatórios importantes, mas nada, absolutamente nada foi comprovado, apenas evidenciou-se a existência de cinzas e destroços por todos lados que somente foram trazidos com a chegada dos americanos e russos, que não fazem parte da peça de acusação do proceso entregue pelo "Parquet", o Sr. Procurador.

Afinal, ele seria apenas um Chanceler e presidente do Partido Nazista, ou seja, ele não passava de um mequetrefe. Jamais foi pego, ou mesmo visto transportando armamentos debaixo dos braços (tipo pão francês) ou carregando pacotes de dinheiro nas cuecas.

Alguns relatos que citavam seu nome eram meros registros carentes de confiabilidade. Outros são de inimigos figadais - os denominados "Países Aliados" e assim longe de merecerem qualquer relevância para serem tomadas como fundamentos de acusação.

Alguns o acusam de ter invadido Paris e desfilado sob o Arco do Triunfo. Esta é mais uma inventiva dos opositores. Ele apenas foi visitar o cordial amigo  De Gaule, que infelizmente havia viajado para o sul da França. Hitler, então, teria aproveitado a  viagem para passear e fazer compras na Avenue de Champs Elisé com os amigos nazistas. Qualquer outra conclusão é mera ilação ou conjectura que atenta contra qualquer inteligência mediana. Por aí vemos que nada contribui para a veracidade das acusações.

Não afasto a possibilidade de ele ser o suposto mentor intelectual, mas nada, repito, nada consubstancia esta hipótese nos autos. E olha que procurei em mais de 1 milhão e 700 mil páginas em 10.879 pastas do processo.

E não podemos esquecer que ele foi vítima de diversos atentados que desejavam sua morte, articulados pela mídia e pelas potentes e inconformadas forças conservadoras. Seus ministros como Goebels, Himmiler, Rudolf Hess e outros também nada sabiam. Eram coadjuvantes do NADA; sem nenhuma responsabilidade de "facto".

O holocausto  talvez tenha sido um suicídio coletivo e,  ainda hoje, um tema controverso. Assim trago aos pares, como contraponto, a tese defendida pelo filósofo muçulmano Ahmanidejahd que garante a inexistência de tal desgraça da humanidade.

Assim - já estou me dirigindo para encerrar meu voto Sr. Presidente - depois de exaustivas e minuciosas vistas nos autos, especialmente nos finais de semana, trago aos pares novos dados que peço ao meu colaborador Adolfo para distribuir a todos. Depois desta minha "assentada" declaro a improcedência da ação, inocentando por completo o réu por falta de provas. É como voto Sr. Presidente.

CRB já ensaia discurso de rebaixado

Tenho escutado uma ladainha improdutiva, descabida e que prepara o coração do torcedor do CRB para o rebaixamento, tentando eximir os responsáveis de culpa. E o que é pior: grande parte da crônica esportiva é complacente com o discurso e nada questiona a respeito do que é colocado, muito pelo contrário, corrobora com as "assertivas", o que colocará uma futura mordaça nos homens de imprensa, caso o pior aconteça, visto que a hora de falar é agora, e não depois do fato consumado.

 Torcedor não pode ser enganado

Refiro-me a falácia de que estão armando fora do campo para o CRB; que o futebol paulista tem mais influência na CBF; que não querem dois clubes de Alagoas na Série B; que as arbitragens estão tomando a classificação do representante de Maceió etc. É tudo conversa de perdedor, coisa de quem quer mascarar a realidade e tirar o corpo fora de uma Revolta Vermelha, caso venha a se verificar.

A verdade dos fatos é que o CRB (dirigentes) errou muito. Contrataram mal, trouxeram jogadores "bichados", assinaram contrato com atletas que estavam sem jogar fazia muito tempo, mexeram na preparação física, trocaram treinador, dispensaram alguns boleiros e esqueceram de coisas simples como ter um campo de treinamento, por exemplo. Como nada resolveu o problema, que só se agrava a cada rodada, agora soltam o velho clichê arbitragem. Concordo que existem muitos "esquemas" no futebol, que ninguém é santo (Telê Santana já dizia que "Futebol não é p'ra homem sério"), mas duvido que alguém tire o título de um time altamente preparado e que esteja "bombando" no campeonato, que não é o caso do Regatas.

Desafio quem "roubaria" o título do Inter de Figueroa, da máquina tricolor de Rivelino, da Seleção Brasileira de 1970, "mineraria" o mundial do Santos de Pelé e Coutinho, para não citar outros. Então, por favor, respeitem minha massa cinzenta. Outros podem embarcar nesta conversa mole, eu não.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Rui tem obrigação de melhorar o trânsito de Maceió

Quem vai dar jeito neste caos?

O Prefeito Cícero Almeida deixa a Prefeitura de Maceió, após 8 anos no Governo, sem ter conseguido melhorar o caótico trânsito da Cidade. Na torcida para que o Prefeito-eleito Rui Palmeira, pelo menos monte uma equipe de técnicos capacitados para amenizar a situação, o Blog, pedindo vênia a quem entende do assunto, toma a liberdade de fazer algumas sugestões.   

_ Horários diferenciados para escolas, bancos, comércio e repartições públicas; 
      _ Mão e contramão, também para pedestres;
  
      _ Construir acessibilidade para cadeirantes em todas as esquinas;

      _ Nivelamento de 100% das calçadas;

    _ Abrir linha de financiamento a juros baixos para que portadores de   necessidades   especiais adquiram cadeiras elétricas;
_ Criar o modal aquaviário integrado com o rodoviário e o ferroviário; 
_ Criar ciclovias e/ou ciclofaixas em toda a Cidade; 
_ Disponibilizar bicicletas públicas para a população;
      _ Recolher o lixo e fazer aguação de canteiros a partir das 22h;
_ Proibir circulação de motos e veículos pesados no Centro;  
_ Criar faixas exclusivas para ônibus; 
_ Expandir o VLT; 
_ Implantar metrô subterrâneo;
       _ Implantar o trem suspenso; 
_ Incentivar o transporte solidário;
_ Realizar campanhas educativas o ano todo para conscientizar o motorista a respeitar a faixa de pedestre; 
_ Promover cursos de línguas para taxistas; 
_ Refazer toda a sinalização vertical e horizontal da Cidade; 
_ Construir passarelas para pedestres; 
_ Eliminar  quebra-molas; 
_ Realizar campanha educativa permanente para incentivar a redução do uso da buzina; 
_ Reprimir manifestações que bloqueiem ruas e penalizar os responsáveis; 
 _ Expurgar vendedores ambulantes das áreas destinadas a pedestres e   automóveis;
_ Eliminar carroças e os chamados "burros sem rabo"; 
_ Capacitar carroceiros para desempenharem outras funções; 
_ Capacitar os agentes de trânsito para orientar os motoristas; 
_ Acabar com a "indústria da multa";
_ Pagar melhores salários aos agentes de trânsito; 
_ Aumentar a  frota de motos da SMTT; 
_ Manter motoqueiros permanentemente nas ruas desobstruindo o trânsito; 
_ Realizar concurso para agente de trânsito; 
_ Reduzir o excessivo número de semâforos;
      _ Proibir carga e descarga durante o dia      no    Centro da Cidade;

Sei que algumas ideias podem parecer ficção científica ao menos viajado e outras não são de fácil implementação, mas o que é fácil já foi feito. Espera-se do administrador moderno que consiga solução para o que parece difícil e até mesmo impossível. Neste ponto está o diferencial entre o novo e o velho.

Outra coisa. Não me venham com a chorumela de que não há verbas. Elas existem e em grande quantidade, afinal estamos entre as 10 maiores economias do mundo e, se nos outros países eles conseguem avançar, não há que se falar o contrário em se tratando de Brasil. O que tem que ser feito, e de forma urgente, é estancar a sangria que faz o dinheiro público sumir pelo ralo da roubalheira.

Viva o rádio!

A cada novidade tecnológica os futurólogos se apressam em alardear o fim do rádio. Foi assim com a popularização do cinema, depois com a televisão, os minidiscs, os aparelhos de mp3 e, agora, com a massificação da internet. Só que para desespero das previsões, a cada invenção, o rádio dela se apropria e avança. 

Rádio continua  cada dia mais atual

A internet, ao contrário, virou uma forte aliada do rádio. Boletins, antes passados por telefone e com baixa qualidade, agora são gravados em mp3 e enviados por email com a mesma sonoridade  de uma gravação feita em estúdio.

A novidade está nos celulares de última geração, que conectados à Rede Mundial de Computadores e usando um aplicativo próprio, permitem acessar qualquer emissora de rádio do planeta Terra a qualquer hora do dia ou da noite, com altíssima qualidade.

E pensar nos anos 1960, 1970, 1980, quando os ouvintes ficavam travando uma verdadeira guerra nas ondas-curtas do AM para tentar sintonizar umas poucas emissoras que operavam na frequência. É amigo internauta! O futuro chegou e trouxe com ele um rádio forte e renovado. Só falta, agora, valorizar o radialista. Este, coitado, deu marcha-ré e está, literalmente, indo para o espaço.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Seleção da Rodada?

Ao final de cada "voltinha" do Brasileiro da Série B é anunciada a Seleção da Rodada, uma escolha do sítio esportivo Futebol Interior, algo muito valorizado pela mídia e difundido junto ao torcedor. Estar na lista é quase um Oscar para os atletas.

Como trabalho em todos os jogos do Asa na competição e nunca fui perguntado a  respeito da atuação dos atletas, resolvi checar junto a outros colegas de imprensa esportiva. A resposta foi a mesma. Nenhum dos consultados, jamais em tempo algum, votou na escolha. 

Fui então beber na fonte e perguntei diretamente ao site quais eram os critérios para a escolha e quem escolhia os jogadores. A resposta, que veio assinada por Elcio Paiola, reproduzo abaixo.

As vezes a gente recebe indicações de jornalists/ralidaslitas locais e outras vezes é feito em cima de dados colhidos na redação.
Mas se quiser nos ajudar com os jogos ai em Arapiraca, nos será muito útil.
E disponha da gente aqui.

A resposta me fez lembrar dos famosos Artilheiro e Goleiro do Fantástico, da Rede Globo, que era um momento esperado por todo o país e que, na realidade, não refletia uma escolha justa. O operador e o editor, apenas, na hora da edição dos lances, escolhiam quem seria o goleador contemplado. Quanto ao goleiro era mais interessante ainda. Como as praças não se davam ao trabalho de selecionar as defesas, quem mandasse algum bom trabalho do goleiro, emplacava. Foi assim (ninguém  sabia até hoje), que Alagoas por várias vezes teve o Goleiro do Fantástico.

Por tudo isso é que, com todo o respeito ao Futebol Interior, doravante verei a Seleção da Rodada com um olhar diferenciado.


Caciques petistas condenados

Sete ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) condenaram o Ex-Presidente do PT, José Genoino, por corrupção ativa no mensalão. No mesmo processo também foram condenados o ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, e José Dirceu, os dois por corrupção ativa.

Condenado, Dirceu repensa o futuro político

A decisão de penalizar os caciques do Partido dos Trabalhadores mostra que, embora lentamente, as coisas estão mudando no Brasil. E ainda tem bandideco que assaltou estatal afirmando que todo o desmando cometido não vai dar em nada. Como dizia o poeta, "Quem sabe faz a hora não espera acontecer".

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Clubes fazem contas

O índice técnico da Série B tem oscilado bastante no que se refere a maldita Zona do Rebaixamento e, neste momento, experimenta uma queda. O CRB, 16º no certame, tem um aproveitamento de 33,3%. Desta forma, tomando-se como base o índice, pode-se afirmar que o clube que atingir 45 pontos estará fora da degola, o que não significa dizer que com menos pontos (até mesmo 41) não possa atingir o objetivo. Asseveramos a permanência com 45, trabalhando com uma necessária margem de erro.

Números começam a falar no Brasileiro

Dentro deste raciocínio já garantiram, no mínimo presença na B de 2013 (4 subirão para a A), Vitória, Criciúma, Goiás, São Caetano, Atlético (PR), Joinvile, Avaí e Ceará. Os representantes de Alagoas ainda precisam somar pontos para se garantir.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Jorge VI diz que tem “canalha” no Conselho do CSA

“No Conselho do  CSA tem muito canalha”. A frase contundente é do Presidente Jorge VI e foi dita, ao vivo e em cores, na Rádio Difusora, na Resenha do Povo de hoje. O Presidente está muito magoado com conselheiros, imprensa, torcida e quem quer que seja que tenha feito críticas a ele, que soaram aos ouvidos do dirigente como “campanha orquestrada” para desestabilizá-lo.
Sexto ataca, mas não revela

Sexto pode, até, ter razão. Não foi entrar no principal da questão, mas ele peca ao não fornecer o nome dos “canalhas”, deixando todos os que integram o CSA na vala-comum. Aliás, já havia procedido da mesma forma quando afirmou que a imprensa alagoana estava “cheia de jabazeiros”, jargão que designa quem aceita “mimos” para divulgar apenas as coisas boas e esconder a podridão, sem nunca ter fulanizado a fala furiosa.
Na noite de hoje, Jorge se reune na casa onde mora com alguns conselheiros e decide se renuncia ou não. A grande maioria do Conselho pede a saída do atual Presidente Executivo. Só nos resta aguardar os fatos.

Grandes nomes na política de Alagoas

No pleito eleitoral que acaba de ter o resultado proclamado, certos nomes chamam atenção. Confira alguns dos eleitos em Alagoas: Orelhinha, Mano da Caçamba, Ferrugem, Galego da Mumbaça, Nego da Serra, Manu Dorinha, Bulinha, Fal de Barriga, Hunga, Pino, Pitu, Pimenta, Urso, Dedé Manteiga, Vavá da Galinha, Zé da Ambulância, Cícero Mamãe, Vitalino, Nego Val, Boi, Fusquinha, Gato, Zé do Caminhão, Galego da Eralda, Bem, Caroço, Batata, Pininho, Ferrugem do Bertinho, Sambeca, Bebé, Marcinho da Geladeira, Tindô, Pirrita, Peca, Marcelo Moringa, Loia, Buneco, Chefe, e para encerrar, Morte. 

Morte sobreviveu às eleições 2012

O eleitorado espera que os eleitos honrem os nomes que possuem e mostrem serviço para justificar a eleição.

TV ALAGOAS dá voto

Definitivamente a TV ALAGOAS (SBT), canal 5 de Maceió, é uma grande eleitora, já tendo catapultado na política alagoana  radialistas como Sabino Romariz e Cícero Almeida. A mais recente cria da casa é Wilson Júnior, eleito vereador por Maceió com uma expressiva votação. 

Júnior: 8.568 votos em Maceió

É verdade que o apresentador já havia deixado a empresa dos Sampaio faz algum tempo, mas a imagem junto ao grande público foi construída na apresentação do policialesco Plantão Alagoas. O curioso é que a emissora, mesmo com forte penetração junto às camadas mais humildes da sociedade maceioense, não consegue eleger os integrantes do clã Sampaio. Por que será?

domingo, 7 de outubro de 2012

Caras novas na política alagoana

Chicão Fontan, segundo melhor votado em Paulo Jacinto (AL)

O Blog espera que os novos eleitos para as Prefeituras Municipais e Câmaras de Vereadores honrem os mandatos que conseguiram e verdadeiramente trabalhem em benefício das cidades. Entre todos os eleitos gostaria de parabenizar os amigos Chicão (PT do B), que reconquistou uma cadeira na Câmara de Vereadores de Paulo Jacinto (AL); Klinger Quirino (Dem), que irá cumprir o primeiro mandato em São Brás (AL) e Cristiano Matheus (PMDB), reeleito Prefeito de Marechal Deodoro (AL). Boa sorte a todos e que Deus os proteja!

Mais uma vez o rádio na frente

Quanto mais tecnologia, mais penetração o rádio tem

Como as grandes redes de televisão não abrem espaços generosos, aos domingos, para as praças locais, o rádio, valendo-se da internet, foi o grande veículo de informação dos resultados das eleições municipais deste ano. Em Maceió destaque para a cobertura da Rádio Correio, a melhor de todas as emissoras da Capital no quesito eleição.