.

.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Mais uma vez a PM joga contra a população de Maceió

Como se não bastasse o trânsito caótico de Maceió, alguns policiais - sem uma explicação lógica - resolvem de per si, tumultuar ainda mais a vida de motoristas que lutam com muita dificuldade para chegar aos locais de trabalho. Agora, pasmem, na estreita Sá e Albuquerque, em Jaraguá, resolveram colocar cones no meio da rua para estreitá-la ainda mais e piorar a fluidez do trânsito. Um verdadeiro absurdo!


Cones na rua: símbolo de uma polícia sem sintonia com o cotidiano

A atitude põe em chegue o Comando da PM de Alagoas, que mostra não possuir força sobre os subalternos, ao ignorar atitudes isoladas de meia-dúzia de policiais, mas que comprometem toda uma população. Também sinaliza o quanto a SMTT e a PM estão distantes. Se estivessem próximas, trabalhando integradas, claro que as autoridades municipais conseguiriam junto ao alto comando da Polícia acabar com este abuso. 

Anote mais esta na sua agenda, amigo eleitor, e dê a resposta a  eles nas urnas, afinal, omissão também é pecado. Aff!

Globo proibe

 
Arnaldo e Gaciba

A TV Globo proibiu os comentaristas de arbitragem Arnaldo Cezar Coelho e Leonardo Gaciba de comparecerem a  um seminário de arbitragem, promovido pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro. As relações entre as entidades não estão lá muito amistosas, não. A dúvida que tenho é, se em uma Democracia, uma empresa pode impedir um funcionário dela de comparecer a um evento, na condição de cidadão! Respostas devem ser enviadas para o Papa.

Band perde Gentili para o SBT

Gentili deixa a Band na mão

O Juiz Henrique Maul Brasilio de Souza, da 18ª Vara Cível de São Paulo, negou pedido da Band para que o humorista Danilo Gentili comparecesse à emissora para cumprir o contrato assinado e que só terminaria em 31 de dezembro deste ano. O magistrado entendeu que o profissional não está obrigado a voltar para a Bandeirantes, já que pagará a multa contratual. Danilo já está no SBT.

Políticos aproveitam assassinato para se promoverem

Maikai trocou a festa pela tragédia

O brutal, covarde e desumano assassinato do empresário Guilherme Paes Brandão, dono do restaurante Maikai, em Maceió, praticado por uma dupla de assaltantes que matou para roubar (latrocínio) precisa ser lamentado por todo mundo, constrange a sociedade de Maceió, denuncia a violência urbana vivida pelos maceioenses etc. O que não pode é a classe política se apoderar do fato para fazer discurso eleiçoeiro, usando a tragédia para captar votos. Pergunto: além do discurso, o que estes mesmos políticos fizeram ou estão fazendo para barrar a violência que assola Alagoas? Respondo: absolutamente nada. Cada um só está pensando em se reeleger, continuar gozando das regalias e mordomias do poder, colocando cada vez mais dinheiro no bolso e rindo da cara de nós, idiotas que votamos neles. Para com isso, pessoal. Vamos, pelo menos, respeitar a dor dos familiares. Chega de farsa!

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

CRB com um pé na semifinal da Nordeste

Denilson é peça-chave na campanha do alvirrubro de Alagoas

Caso passe pelo América-RN, na noite desta quinta, 27, na Arena das Dunas, em Natal, o CRB estará a quatro jogos do título da Copa do Nordeste, possibilidade que acredito ser real, visto que os demais pretendentes não estão muito acima da medida do representante de Alagoas. O bom na conquista é poder participar da Copa Sul-Americana, ainda este ano, trazendo jogos de cunho internacional para Maceió. Duas coisas são necessárias para que o objetivo seja alcançado: acreditar que é possível e trabalhar duro para chegar lá. O futuro a Deus pertence.

Morre Loureiro Neto

Morreu  aos 61 anos o comentarista esportivo da Rádio Globo, Loureiro Neto. O profissional lutava, havia meses, contra uma doença cardíaca. A morte cerebral foi decretada no início da manhã, no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, no Rio de Janeiro. 


Loureiro Neto não usa mais o microfone global


Profissional do primeiro time do rádio brasileiro, cumpriu maravilhosamente o papel de comunicar. Vai em paz, companheiro!

Pernambuco se rende ao CSA

A bela vitória do CSA por um a zero, contra o Sport, nesta terça, 25, no Trapichão, em Maceió, quebrando uma invencibilidade de 6 partidas dos rubro-negros, foi reconhecida pela imprensa pernambucana. Os dois principais jornais do Recife destacam a convincente atuação do time alagoano, embora a vaga para a semifinal tenha ficado com o Leão, no chamado jogo de 180 minutos. Para ver o gol de Daniel Costa, ao melhor estilo Ronaldinho Gaúcho, clique aqui. Se quiser ver os melhores momentos da partida é só clicar aqui.


Jogadores comemoram gol de Daniel Costa


O Jornal do Commercio foi mais econômico e disse que "O Sport optou por uma marcação no campo de defesa e correu sérios riscos em vários momentos de perder a vaga". Já o Diário de Pernambuco foi mais enfático ao se referir ao jogo e ao CSA.

O Leão foi dominado pelo CSA durante praticamente toda a partida da noite desta terça-feira. Foi engolido. Em contrapartida, teve ao menos uma virtude: soube jogar com o regulamento sob o braço. Arriscou-se demais, é verdade. Mas, no fim (por sorte!), deu certo.
 
A partida feita pelo CSA mostra que o time está no rumo certo, que pode crescer ainda mais de agora em diante, que é preciso ter ingeligência emocional suficiente para digerir uma derrota que surja pelo caminho, afinal em toda partida existe um adversário, também disposto a vencer. Mas, o principal de tudo é não mudar a rota completamente de uma hora para outra e jogar no lixo um trabalho que está apenas começando. 


Canindé faz o CSA jogar como time grande que é, sem medo do adversário (Foto: A.Cruz/GA)


Quando as dificuldades surgirem é preciso que se façam correções para que o projeto continue andando no rumo certo (rodar o ciclo PDCA, como fazem os administradores). Uma oportunidade de melhoria que enxergo de imediato é oferecer ao técnico Canindé melhores peças de reposição. A caminhada é longa e ele vai precisar de olivas de qualidade para deixar o time sempre azeitado.

CSA massacra Sport no Rei Pelé, mas perde classificação na Copa do Nordeste

O torcedor do CSA não precisa ficar triste porque o time foi desclassificado pelo Sport. O representante de Alagoas na Copa do Nordeste fez uma extraordinária partida contra os pernambucanos e somente não venceu  por um placar elástico graças as intervenções do goleiro Magrão, que evitou que o Leão fosse humilhado no Rei Pelé. 


Magrão salvou o Sport contra o CSA

Desde o início do jogo o rubro-negro sentiu a força do adversário e jogou como um time pequeno, totalmente fechado, respeitando o oponente e contando ainda com a ajuda do árbitro baiano Jailson Macedo que deixou de expulsar dois jogadores do Sport, já na primeira metade, que estavam de amarelo e fizeram a segunda falta passível do segundo e, conseguintemente, do vermelho.

A vitória serve para por fim a uma onda inexplicável, vinda de fora do CSA, que tinha como objetivo minar o trabalho do competente técnico  Oliveira Canindé. A diretoria precisa estar vigilante. A saída do treinador - especulada por alguns, a serviço de outros - interessa muito mais aos adversários do que ao CSA. 


Canindé fala com firmeza porque sabe o que diz

Considero tirar Oliveira do Mutange um ato infantil, só comparável quando o São Domingos conseguiu, nos anos 1970, "roubar" Martim Francisco do CRB e desmanchar um trabalho que levaria o Galo a um lugar de destaque no cenário nacional. É bom que o corpo diretivo não "engravide pelos ouvidos". Tem muita bobagem sendo cuspida aos quatro cantos, que precisa ser enterrada com umas boas pás de cal. Depois de Velha e Valdemar Carabina, Canindé é o melhor técnico que já passou pelo CSA.

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Torcedor da paz começa a reagir

A "casa" das chamadas "Torcidas Organizadas" começa  cair. Cansado de ver tanta baderna praticada pelos marginais nos estádios e fora dele, que sempre acaba em punição para o clube, os verdadeiros torcedores já expressam publicamente a revolta contra os bandos de vagabundos, travestidos de torcedores, espalhados Brasil afora.


Integrantes das "organizadas" cometeram 800 crimes em 5 anos, em Pernambuco (Fonte: Ministério Público)


O caso mais recente foi da verdadeira torcida do Sport, durante o jogo com o Central, no último sábado, 22, na Ilha do Retiro. Furiosa pelo fato de o Leão da Ilha ter sido punido com perda de mando de campo por conta de comportamento desabonador de uma facção do mal, os chamados torcedores comuns encobriram o grito da malandragem com uma gigantesca vaia, quando os "organizados" começaram a entoar o cântico: “Uh! A Jovem aê!”.

O exemplo deveria ser seguido por todos os torcedores do bem para ver se os bandidos são banidos dos estádios e o futebol volta a ser um espetáculo para a família. Outra coisa. A diretoria do Sport proibiu os jogadores de usarem camisas da facção e trabalha para dissociar a marca Sport da turba de pilantras. É assim que se faz. Agora só falta enjaular esta escória da sociedade.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

"Vou narrar até enquanto me aturarem", diz Luciano do Valle

O craque da narração esportiva pela TV, no Brasil, Luciano do Valle, garante que a aposentadoria está longe e que  não vai parar depois da Copa do Mundo de 2014.  "Até enquanto me aturarem eu sigo narrando futebol", disse o locutor da Band. 


Luciano não vai largar o microfone


A expectativa que fica no ar é quanto a Galvão Bueno, que havia anunciado deixar a mídia após a Copa do Mundo no Brasil. Vamos aguardar. Eu acredito que ele não conseguirá parar. É muito vaidoso para ficar sem uma grande exposição de mídia.

O que mudou do dia para a noite?

Sinceramente não entendo o zum-zum-zum em torno do técnico Oliveira Canindé, após a derrota do CSA para o Asa por três a dois, no último sábado, em Arapiraca. O homem que era tratado como visionário, conhecedor profundo do futebol, estudioso da matéria, especialista em tática, grande montador de times etc, de uma hora para outra passa a receber tratamento de entregador de camisa! A quem interessa a saída de Canindé do CSA? Quem está fomentando uma crise nas hostes azuis? É preciso que se respeite mais os profissionais sabidamente competentes. O CSA não pode embarcar nesta onda, sob pena de perder um treinador que tem potencial para dirigir times da Série A, aqui no Brasil. 


Oliveira Canindé: profissional de gabarito à frente do CSA

Sou admirador do trabalho do Oliveira, o tenho no quilo dos melhores do país e sei que, com um pouco mais de calma e paciência por parte de todos - principalmente diretoria - ele poderá conduzir o CSA  a momentos gloriosos. Muita calma nesta hora, pessoal! É tempo de regar a planta para que ela cresça e comece a frutificar. Esta Oliveira ainda vai produzir muito azeite.

Novo projeto leva Oscar de Melo para a Pajuçara

Oscar está sorrindo à toa com o retorno

A volta de Oscar de Melo à telinha vai acontecer no próximo 10 de março. Retornará para a TV Pajuçara (Record) para apresentar o Cidade Alerta - Edição Alagoas, levando mais informação policial ao telespectador da Terra dos Marechais. O programa irá ao ar às 19h30m. Boa sorte a ele na nova empreitada!

Roberto Carlos decepciona admiradores ao fazer comercial de carne

Roberto Carlos foi duramente criticado por fãs após ter sido anunciado como novo garoto-propaganda da marca Friboi. Os apaixonados pelo cantor reclamam porque o Rei é vegetariano (o que o dinheiro não faz?).


O vegetariano RC aconselha população a consumir carne

Confesso que pensei que as reclamações estivessem ligadas à péssima qualidade da carne e as denúncias envolvendo Lulinha (filho de Lula) com a JBS. Eu, particularmente repudio a carne da Friboi. A pior que já consumi na vida e que, jamais em tempo algum, voltarei a comprar. 

Roberto Carlos tem contrato com a JBS, dona da Friboi, até o final de 2014. Resta saber se vai levar prestígio à marca ou vai sofrer ainda mais queda de reputação por induzir o público a comprar um produto que ele próprio não consome.

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Perfil falso desrespeita todo mundo no Facebook

Fake maldoso no Face

Existe um perfil de um fake, no Facebook, que "detona" todo mundo da imprensa, só que o(a) coitadinho(a) é semianalfabeto(a). Foi escrever a palavra fuçando e colocou, pasmem a ignorância, FUSANDO. A(O) "engraçadinha(o)" - sem me conhecer - resolveu me tirar para dançar. Cuidado, boneca! O peso do meu sapato pode machucar o seu pezinho. Se tiver "rabo-preso" e eu descobrir vai p'ro ar sem dó nem piedade.

Pois bem, a "moça" disse que falo errado ao usar o termo cabina. Informo que a expressão está corretíssima e consagrada pelo Mestre Aurélio. Informo ainda que outra expressão, que ao ouvido inculto pode parecer estar errada (vitrina), tal como cabina, está absolutamente dentro da norma culta e, também, é recepcionada pelo Mestre Aurélio.


A Justiça Eleitoral usa o termo correto: cabina


Aproveito para desafiar o fake para mostrar a cara e travar um debate a respeito das peculiaridades do vernáculo, em qualquer rádio e a qualquer hora. Pode marcar o dia. Será um prazer. Ah! Se quiser, também, poderemos testar os seus conhecimentos na língua inglesa, pois dizem que você fala fluentemente. Estou às ordens, prezada Senhora.

Asa x CSA fizeram o jogo do ano em Arapiraca


Formação do CSA quando foi melhor

Asa x CSA fizeram o melhor jogo até a presente data, no Fumeirão. A partida foi emocionante, assim como o placar: 3x2 para o representante de Arapiraca. No primeiro tempo o domínio foi total  e absoluto do CSA, que saiu vencendo por um a zero, mas  poderia ter feito pelo menos mais uns dois gols no adversário, não fosse a presença destacada do goleiro Marcão salvando a meta do Alvinegro.

Time do Asa que terminou o jogo


No segundo tempo o técnico Beto Almeida mexeu no time e as entradas de Alex Henrique e Tiago Baiano deram vida nova aos donos da casa, que reagiu e virou um placar adverso de dois a zero para o final três a dois. Mereceu vencer porque no tempo em que esteve melhor foi competente para marcar os gols que garantiram a vitória.

sábado, 22 de fevereiro de 2014

A dúvida que muda o Asa

Beto Almeida precisa dar um chute certeiro na hora de escalar o Asa (Foto: L.Freire/GE)

Técnico do Asa Beto Almeida anuncia ter apenas uma dúvida para escalar a equipe para o jogo com o CSA, neste sábado, 22, às 17h20min, no Fumeirão, em Arapiraca. Ele não sabe se começa o game com  Thallyson ou Kiko  no meio-campo. 


Equipe com o jogador Kiko no meio


Se o preferido for o atleta Kiko iniciará o jogo com a mesma equipe que venceu o Coruripe por dois a zero na estreia do segundo turno, quando conquistou o resultado logo no primeiro tempo, mas teve um time capenga pelos lados do campo, onde Renan Oliveira pela esquerda e Jaildo pela direita não fizeram a jogada de linha de fundo como se esperava.


Desenho com Thallyson no time


Na possibilidade de Thallyson jogar, mesmo mantendo Jaildo e Renan nas laterais, entendo que o clube mudará o posicionamento no meio-campo. Didira deverá voltar a atuar mais pelo setor esquerdo  e Thallyson trabalhar pelo outro lado, com liberdade para carregar a bola para cima dos defensores do CSA para tentar chegar ao fundo do campo por aquele lado. Ocupará mais espaço no gramado, mas particularmente não gosto de ver o versátil Thallyson indo a linha de fundo pela direita. O fato de ser canhoto faz com que o atleta, na hora do cruzamento, seja obrigado a fazer um giro de 180 graus para levar a bola para perna esquerda e, então, cruzar. Muitas das vezes este tempo para permutar a esfera faz com que o adversário chegue e impeça a progressão da jogada.

Se é desejo de Almeida ver Thallyson fazendo esta função, é preciso trabalhar muito o atleta nos treinamentos para que ele aprenda a cruzar com a perna direita. Do contrário o time ficará torto por aquele espaço do retângulo.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Audiência também se conquista pelo telefone

Defendo há um bom tempo que as emissoras de rádio que transmitem futebol e possuem frequências nas faixas AM e FM, nos dias de jogos coloquem o sinal da transmissão nas duas bandas para atingir mais diretamente o público jovem e as novas mídias, mas, infelizmente, muitas cabeças pensantes que têm o poder de mando nos prefixos pensam de forma diferente. Não posso fazer nada. Não sou dono, nem diretor de nenhum deles.



Celular virou rádio


Eis que, agora, o Ibobe justifica, com números, o meu pensamento. Uma pesquisa do Instituto constatou que o celular já é segundo aparelho mais utilizado para ouvir rádio, perdendo apenas para o aparelho tradicional, enquanto que o computador aparece em terceiro lugar. Na Grande São Paulo, por exemplo, 7,46% da população ouve rádio no celular diariamente. Quem despreza o FM deixa de atingir uma fatia importante da audiência, pois somente ela pode ser sintonizada no telefone móvel. Tá na hora de lincar as estações, pessoal!

Grupo A tem a força

Ainda é muito cedo para fazer um julgamento definitivo, afinal, apenas uma rodada foi realizada pelo segundo turno do Alagoano de Futebol Profissional, mas os números iniciais apontam o Grupo A como mais forte e disputado do que o B. Analisemos os números: as equipes do A já somam 11 pontos no total, enquanto que no B os cinco times juntos conseguiram apenas dois míseros pontinhos. Outra curiosidade: O Ceo, líder do Grupo A, tem apenas um ponto. Esta mesma pontuação deixa o Comercial na lanterna do outro grupo. 


Grupos apresentam diferenças visíveis

A permanecer o atual estado de coisas, dá para perceber que, teoricamente, conseguir uma vaga para a semifinal será bem mais fácil no lado em que estão Ceo, CSA, Penedense, Coruripe e Murici, do que na parte formada por CRB, Asa, Santa Rita, CSE e comercial. Vamos aguardar, afinal a disputa está apenas começando.

Jornal fica sem Miguel Torres

Miguel Torres: jornalista multimídia

Comentarista Miguel Torres não faz mais parte do Timão 10. O jornalista deixou a Jornal AM/MCZ por absoluta falta de tempo para comparecer ao trabalho com regularidade. Miguel também é funcionário do IZP, TNH1 e Transpal. O dia estava ficando pequeno para o competente profissional, que preferiu, elegantemente, declinar de uma das ocupações.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

O novo Asa

Formação inicial


O Asa iniciou o segundo turno do Alagoano com uma importante vitória contra o Coruripe por dois a zero, jogando na casa do adversário, com os dois gols tendo sido marcados pelo atacante Wanderson. A partida marcou a estreia do técnico Beto Almeida. Confira nos gráficos a postura tática do alvinegro.

Movimentação dos jogadores

A Fifa venceu

Narrar  jogo no estúdio da rádio terá preço

O famoso Tubão - transmissão de jogos pelas rádios, pela TV - está definitivamente proibido, quando da Copa do Mundo deste ano. A decisão é do Juiz Federal, Rafael Webber, que negou pedido feito  pelo Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul para que as rádios não pagassem os direitos de transmissão à Fifa, caso fossem transmitir as partidas sem estar presente aos estádios. Quem quiser fazer os jogos, mesmo de forma remota, terá que pagar por eles. Da decisão ainda cabe recurso.

Fox 2 na Net

FS2 começa a espalhar sinal pelo Brasil



A operadora Net transmitirá o sinal do canal Fox Sports 2 a partir de 27 de fevereiro. Boa informação para os assinantes. Falta, agora, a Sky. Quando será?

É Davi?

Davi Holanda e Jorge Lins: a ACDA reconhece a qualidade do delegado

Não é à toa que Davi Holanda é reconhecido por todos como o melhor delegado de jogo do Brasil. A mídia alagoana foi a primeira a descobrir as qualidades do rapaz e constatar a alegria, a competência, o zelo e o amor externado por Holanda quando dos jogos, sejam eles grandes clássicos decisivos ou simples partidas para cumprir tabela. Definitivamente, o delegado é Davi.

Tomba um dos maiores símbolos do CRB

O Beer está no chão

O CRB deixa, de uma vez por todas, de fazer parte do cenário da Pajuçara. Depois de vender o Estádio da Rua Araújo Bivar, agora perde o último imóvel que tinha no bairro. O Beer CRB está sendo demolido sem dó nem piedade. Os saudosistas hão de se lembrar que quase todo o primeiro quarteirão da Paju pertencia ao Regatas. A derrubada do Beer sinaliza o quanto o Clube foi mal-administrado e como as pessoas usaram o Galo em proveito próprio. Lamentável.

O povo está com a palavra

Povo, além de ir às ruas, precisa dar a resposta nas urnas

Definitivamente não suporto mais a duplinha PT/PSDB. Os dois partidos já deram o que tinham de dar, contribuiram em momentos decisivos do país, mas o tempo deles acabou. É preciso que em 2014 algo de novo apareça, mas que não venha através de filhos, netos e bisnetos de políticos tradicionais. A decisão está nas mãos do povo. Mudança, já!

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Saia do salto

Um salto para as doenças

"Ao utilizar o salto-alto com frequência e sem os devidos cuidados, a mulher pode estar comprometendo a saúde da coluna vertebral". Quem afirma é Paulo Pereira, coordenador nacional da campanha Olhe pelas Suas Costas. Além da coluna, a utilização contínua do acessório também está relacionada a outros problemas, como joanete, metatarsalgia (dor na face plantar da região dos dedos), fasceíte plantar (dor no calcanhar), entorse do tornozelo  e tendinite. Definitivamente é hora delas sairem do salto.

Correios lança postagem automatizada

Terminais para autoatendimento serão colocados em locais públicos

Os Correios irão implantar  21 máquinas automatizadas para postagem e entrega de encomendas nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Minas Gerais e no Distrito Federal. Os terminais irão funcionar 24 horas e serão instalados em estações de metrô, shopping centers e supermercados. A modalidade já é utilizada  nos Estados Unidos, Chile e diversos países da Europa e Ásia. A ECT será a primeira a oferecer o serviço no Brasil.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Sem cortes, nem censura

Uma emissora de rádio, mesmo sendo uma concessão pública, tem o direito discricionário de colocar ou não os ouvintes no ar, mas uma vez decidido que a audiência vai participar, é inadmissível cortar a palavra de quem estiver falando, apenas porque o que está sendo dito desagrada ao comunicador ou algum interesse particular. P'ra fazer isto é melhor não botar no ar.

 
A audiência tem que ser respeitada

Não estou dizendo, aqui, que se deixe a pessoa falando por um tempo exagerado, dizendo bobagem, sendo repetitiva, fazendo discurso indireto para algum político, "enchendo o saco" etc. Quando rogo pelo respeito ao espaço do ouvinte, quero dizer que ele não seja ideologicamente censurado, já que defendo a liberdade de expressão levada às últimas consequências.

Quero conhecer o foco secundário

Um apresentador de TV sacudiu no ar, nesta terça, 18, a malfadada expressão foco principal. Diante da "mordida", como diria meu amigo Walter Luis (Jornal AM/MCZ), fiquei esperando ele dizer qual seria o foco secundário. Claro que não falou porque ele não existe. Todo foco é, obrigatoriamente, principal.


É preciso ter foco para não errar

O foco é a nossa meta, nosso objetivo, aquilo que perseguimos, ponto para onde toda atenção é concentrada, lugar de convergência dos raios de luz etc, portanto, basta dizer que o foco é determinada coisa. Definitivamente a mídia brasileira precisa voltar à sala de aula.

A "proibição" que vem do Paraná

Paraná não quer jogadores e mídia no mesmo hotel

O Paraná avisou às emissoras de rádio que os repórteres estão proibidos de se hospedarem nos mesmos hotéis onde a delegação tricolor ficar. Não sei se tem algo a ver com o Caso Bahia ("jabá"), mas, desde que os prefixos paguem as diárias, o clube paranaense não terá como impedir a reserva na mesma hospedaria, salvo se reservar todo o imóvel para os jogadores, dirigentes e comissão técnica. Tem algo escondido nesta informação, ah, isso tem!

Fox 2 chega à Oi

 
 Fox 2 ganha novo espaço no Brasil

O canal Fox Sports 2 vai estar na operadora Oi, a partir de abril. A audiência da Sky e Net - maiores do Brasil - aguarda o dia em que as duas também exibirão o FS2.

Linha-dura na Globo

Mônica Gimenez exibe manga bufante na EPTV

Repórter e  apresentador  não devem brilhar mais do que a notícia, portanto, não podem usar cabelos muito compridos, camisa xadrez, esmalte preto ou azul e roupas com mangas bufantes. Calça jeans pode, mas só no corte tradicional, sem manchas ou rasgos. Leia, abaixo, os detalhes do novo vestuário global.


Cabelos: devem ser curtos ou médios, no máximo na altura dos ombros. Franjas estão proibidas.

Acessórios: brincos, colares, pulseiras e relógios devem ser pequenos, discretos, sem pedras. Proibido usar mais de um anel na mesma mão.

Unhas: pretas, azuis, verdes e roxas estão vetadas.

Mangas: proibidas as do tipo baby look, bufantes e volumosas.

Tecidos: xadrez, estampas e listras fortemente contrastadas estão proibidos.

Tipos: roupas com brilho ou decotadas não podem ser usadas no vídeo. Babados e tecidos que amassam muito, como o linho, também não. Transparências são permitidas, desde que com uma outra roupa por baixo.

Calças: nada de calça capri, muito justa, sarouel e legging. Jeans  apenas os de corte reto e tradicional.

Tamanho: proibido roupa justa. Mulheres devem tomar cuidado com malhas e tecidos de elastano, evitando mostrar sutiãs e "pneus". 

Rádio falando português nos Estados Unidos

A frequência 1.570 AM, em Boston, Massachussetts, nos Estados Unidos, já fala português pela Transamérica, maior rede de rádio FM do Brasil, que vai levar o som da  Terra Brasilis para os brasileiros que vivem na Terra do Tio Sam. A rádio vai oferecer entretenimento, humor, informação, além dos ritmos  sertanejo, axé e pagode. 




A empresa afirma que o objetivo  é atender a comunidade de língua portuguesa, que anseia por uma programação de qualidade. O curioso é que, aqui no Brasil, a Transamérica prima por tocar música estadunidense. 


Boston vai ouvir o som do Brasil

Boston é uma das cidades mais importantes dos Estados Unidos. Tem uma população de brasileiros estimada em 400 mil pessoas. Além disso, é sede de duas das mais importantes universidades do mundo: Harvard e MIT.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Conselho do Bahia vai analisar "jabá"

Conselheiros poderão autorizar divulgação dos nomes dos "jabazeiros"

O Conselho Deliberativo do Bahia está convocado, por edital, para se reunir extraordinariamente no próximo dia 22, sábado, a partir das 9h. Na ordem do dia está a  instauração de inquérito administrativo que visa apurar eventuais responsabilidades e infrações praticadas por dirigentes no exercicio da administração do clube. Entre as "infrações" está o pagamento de "jabá" a integrantes da crônica baiana. A frigideira vai ferver. Quem for podre, burro e indecente que se quebre.

Eita novo lançamento porreta!

Até quando vamos escutar nos meios de comunicação a maldita expressão novo lançamento? Todo, absolutamente todo lançamento é algo novo, novidade, coisa que ainda virá, portanto, precisa ser catapultada. Ninguém lança nada velho. Ou alguém conhece um velho lançamento! Se for antigo e estiver de volta, estará sendo relançado.


As letrinhas nos atrapalham bastante


A expressão é o equivalente a entrar para dentro, sair para fora, dar ré para trás, subir para cima, descer para baixo e outras do gênero. Quem fala em público tem a obrigação de evitar gafes infantis como esta. Para com isso, pessoal!

Castração não é solução

Ouvi na Pan Maceió o companheiro Carlos Potência defendendo a castração química como solução para acabar com os estupros que proliferam mundo afora. Segundo o radialista, ao reduzir os "índices de testosterona" no organismo do estuprador, levando o maníaco à impotência,  nunca mais o doente voltará a praticar o ato repugnável.

 
Potência defende impotência para estupradores


Ledo engano. A literatura mostra que a vontade de abusar sexualmente de alguém não está no falo, e sim no cérebro. Uma vez com o membro deficiente, o desequilibrado vai usar instrumentos como facas, tesouras, pedaços de pau, cabos de vassoura, ferros, e outros, para satisfazer o impulso que vem da mente, portanto, a castração pura e simples não resolve o problema.

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Chicão desagrada Remo e Paysandu

Mais de 20 mil pessoas viram o Remo empatar com o Paysandu, no primeiro jogo da decisão do primeiro turno do Campeonato Paraense. Com o Mangueirão sendo castigado por muita chuva, a torcida presente assistiu a um cachorro preto salvar um gol a favor do Remo aos 41 minutos do segundo tempo e ao árbitro Francisco Carlos do Nascimento distribuir vários cartões amarelos e vermelhos. 


Chicão não foi simpático no Re-Pa

O Paysandu deixou o campo lamentando os cartões amarelos aplicados ao lateral- -esquerdo Airton e ao volante Augusto Recife, que deixam os jogadores fora do jogo da volta, além do vermelho recebido pelo zagueiro Pablo. Já o Remo reclama do terceiro cartão amarelo ganho por Thiago Potiguar e da expulsão do zagueiro Rogélio. 

A atuação de Chicão, que desagradou os dois times, vai fazer o Remo pedir um juiz de fora do Brasil para apitar o jogo de volta, no próximo domingo, às 16h, no Mangueirão. O Paysandu precisa vencer e o Remo leva o título com um simples empate.

Walter na Seleção

O atacante Walter (Fluminense) não é piada, não. É um baita de um atacante, que vem mostrando com a camisa tricolor todo o valor que possui e que já havia exibido jogando pelo Goiás. Na atual escassez de goleadores no futebol brasileiro, por que não pensar nele para a Seleção Brasileira?

 
Walter é festejado após marcar dois gols contra o Boavista

A Copa do Mundo é uma competição de tiro curto, com poucos jogos, podendo um jogador ser preparado especialmente para disputá-la. Entendo que, se motivado para jogar o certame, Walter encontraria uma fórmula para entrar em forma e daria muitas alegrias ao torcedor brasileiro. Podem me chamar de louco, mas é perfeitamente possível termos Walter com a camisa canarinho.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Marcados para o amarelo

Recife, Djalma e Pikachu na lista para receber amarelo

O Paysandu vai para o primeiro jogo da decisão do primeiro turno do Campeonato Paraense com seis jogadores pendurados com dois cartões amarelos. O Remo, adversário do próximo domingo, tem interesse que o lateral Yago Pikachu, o meia Djalma e volante Augusto Recife recebam o terceiro amarelo e não joguem a segunda partida, já que a disputa do turno dar-se-á no sistema de ida e volta. Será que o Remo vai conseguir o intento? A responsabilidade estará nas mãos do árbitro alagoano Francisco Carlos do Nascimento.

Momento "jabá"

O Bahia vai divulgar  uma lista de cronistas esportivos que foram pagos por administrações anteriores do clube, o famoso "jabá". Sidônio Palmeira, assessor especial da presidência, disse em entrevista na Rádio Metrópole/SSA, que "A prática acabou e que isso tem motivado muitas críticas de quem antes só fazia elogios". 


Bahia vai nominar "jabazeiros" baianos


O assunto foi matéria da Revista Placar, no passado, informando que Bahia e Vitória ajudavam a custear viagens, diárias de hotéis e refeições das rádios Sociedade, Excelsior, Cristal, Itapoan e 104. Leia, abaixo, extrato da nota publicada pela edição 1272, da Placar, em julho de 2004.

Da mesma forma que os técnicos costumam esconder as escalações em jogos decisivos, as cinco emissoras de rádio de Salvador que transmitem futebol (Sociedade, Excelsior e Cristal, na faixa de AM, e Itapoan e 104, em FM) não revelam para os ouvintes uma prática que coloca em cheque sua independência jornalística: todas as emissoras têm parte dos seus custos (passagens, diárias de hotéis e refeições) bancados pelo Vitória e pelo Bahia, os dois maiores clubes do Estado.

Os jogadores também reclamavam da perda de privacidade, quando os radialistas ficavam hospedados no mesmo hotel do clube. “Eles pareciam que faziam parte da delegação: viajavam no mesmo vôo e comiam na mesma área reservada para o clube”, diz o mesmo jogador. “Joguei em quatro Estados e nunca vi nada parecido. Existe uma dependência muito grande das emissoras, parece que os dirigentes querem comprar elogios. O pior é que, algumas vezes, radialistas pediam dinheiro emprestado no final do mês para mim”, diz um ex-atleta do Vitória.

A coisa vai feder. Leia, abaixo, a nota publicada pelo  Bahia. Note que os "jabazeiros", além de perniciosos, são burros. Assinavam recibos para o clube "oficializando" o "jabá". 

O Esporte Clube Bahia vem a público reafirmar as declarações do assessor especial da presidência, Sidônio Palmeira, na terça-feira (11), à rádio Metrópole, e informar que possui a documentação dos pagamentos realizados a determinados profissionais da imprensa ao longo das últimas gestões tricolores. Seguindo os trâmites internos do clube, o material será apresentado na próxima reunião do Conselho Deliberativo para apreciação e o encaminhamento necessário.

As declarações de Sidônio Palmeira estão dentro do novo posicionamento institucional do Bahia, desde o início desta gestão, em setembro, de transparência com o seu torcedor e independência perante os veículos de comunicação.

O clube aproveita, desde já, para esclarecer que em nenhum momento buscou generalizar a situação, bem como para reafirmar que respeita a imprensa esportiva baiana e parabenizar quem faz o bom jornalismo.

Não há outra maneira de definir o assunto: é uma vergonha. Os "jabazeiros" deveriam ter os registros profissionais cassados e nunca mais poderem exercer a profissão. Vender a opinião é o que de mais baixo pode acontecer no jornalismo. O "profissional" se desmoraliza e engana  ouvintes, telespectadores e leitores com informações que interessam a alguém ou a um determinado grupo. A partir de agora, amigo internauta, filtre bem a informação que chega até você. Ela pode estar coberta de vício.

Os donos da bola

Trio de peso na Band Rio

Não sei se foi um erro de aperto de botão, mas a versão fluminense de Os Donos da Bola (Band) está vazando para Maceió, através do canal 38. E, diga-se de passagem, é muito melhor que a paulista comandada pelo ex-jogador Neto. Basta ver os nomes que estão na bancada do Rio: José Carlos Araújo, Gerson (Canhotinha de Ouro), Gilson Ricardo e Dé (O Aranha).

Tudo por um amarelo

O alagoano Francisco Carlos do Nascimento,  36, apita o clássico entre Remo e Paysandu, próximo domingo, 16h, pela final do primeiro turno do Campeonato Paraense, no Estádio Olímpico Mangueirão. A decisão acontecerá em dois jogos.


Chicão representa segurança no apito de Remo x Paysandu

Tudo estaria ótimo não fosse uma mensagem que recebi, vinda de Belém, perguntando se eu conhecia o Chicão. Respondi que o árbitro é o melhor de Alagoas, pertence ao quadro da Fifa e que o jogo está bem-entregue ao apitador.

Mais curioso ainda foi, nesta sexta, 14, ter recebido uma ligação da mesma pessoa dizendo que mandaria a relação dos jogadores com dois amarelos do Paysandu para que eu fizesse chegar às mãos  de Francisco Carlos para que os atletas, no domingo, recebam o terceiro amarelo e fiquem de fora da segunda partida. A pessoa chegou a dizer: "Fernando, você sabe que futebol se ganha, também, fora do campo e a gente tem que ficar esperto. Mais tarde eu te mando a relação dos pendurados". Para azar do meu amigo não vou entregar os nomes ao Chicão. Se realmente chegarem até mim, publicarei a relação aqui no Blog.

Independente de qualquer coisa, sei que o fato é pura catimba e que o juiz do Re-Pa não manchará a brilhante carreira se envolvendo com um assunto desta monta. Desejo boa sorte a ele e uma excelente arbitragem na Terra do Tacacá!