.

.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Edir Macedo x RedeTV, tudo a ver



A Universal do Reino de Deus negocia prorrogar contrato com a RedeTV por mais três anos para permanecer no horário que vai  das 12h às 15h, até 2017. A continuidade na casa  está  orçada em  R$ 216 mi. Haja dinheiro "caindo do céu"!

Periga classificação do Asa

Não é nada fácil a situação do Asa quando o assunto é conseguir a classificação entre as  quatro  melhores equipes do Grupo A, na Série C do Brasileiro de  Futebol  Profissional.  Para não depender de nenhuma combinação de resultados, o representante de Arapiraca precisará de 27 pontos ao final da primeira-fase. Levando-se em consideração que possui apenas 9 pontos, está obrigado a ganhar mais 18, o que significa sair de um índice de aproveitamento de  37% para 60%, ou seja, um incremento de 23 pontos percentuais no rendimento da equipe.


Marca Asa não pode sofrer nova desvalorização


Dentro do raciocínio traçado, só restam três opções ao Alvinegro para somar os 18 pontos nos dez jogos restantes: vencer, no mínimo 6 jogos; ganhar 5 partidas e empatar três; conquistar 4 vitórias e empatar nas outras seis oportunidades. Se, por acaso, perder os dois jogos seguintes (Fortaleza e CRB) - possibilidade absolutamente dentro da normalidade - será obrigado a vencer 4 ou 5 partidas no restante da competição. Caso some mais três derrotas de agora em diante, não terá outra saída: ganhar 6 jogos. 

Fanatismo à parte, é preciso que o time dê uma resposta dentro do campo para ajudar os números, caso contrário a conta pode começar a ser feita de outra forma. Vamos ter que calcular quantos pontos serão necessários para não cair para a Série D de 2015. O pior é que percebo nas hostes do Asa uma acomodação que não condiz com a realidade dos números. Seria desconhecimento ou falta de comprometimento? Calma, pessoal! Perguntar não ofende.

domingo, 27 de julho de 2014

Tonaço está fifty-fifty


Tony segue feliz narrando futebol enquando decide qual prefixo defender


Conversa entre o narrador Tony Santos (Jornal AM/MCZ) e Elísio Silva (Jovem Pan MCZ).

_ Tony, como está a sua situação na Jornal?
_ Estou 50% dentro e 50% fora.
_ Então quando você estiver 100% fora, me avise para a gente conversar.

Já faz algum tempo que o locutor-esportivo é sonho de consumo da 1020 AM, mas a indefinição de Tonaço acaba fazendo com que as duas partes não cheguem a um acordo.

Acabou a tranquilidade na orla de Maceió

Carro de som leva incômodo à população


Começou a época de trevas na orla-marítima de Maceió. Os moradores reclamam que não podem dormir um pouco mais nos dias em que não há trabalho. Tudo por conta dos carros de som cuspindo no ar a propaganda dos mesmos candidatos de sempre, que tentam perpetuar a si e a família no poder. Como se não bastasse a barulheira, os motoristas ainda têm que suportar carros velhos, transitando em velocidade inferior a metade permitida para via, que configura infração ao Código de Trânsito Brasileiro. Só nos resta protestar nas urnas contra os que prejudicam o andamento normal das nossas vidas. Candidato que me tirar da cama a contragosto ou me deixar preso no trânsito, vai perder o meu voto. Respeito, já!

sábado, 26 de julho de 2014

Começa Campeonato de Futsal dos Correios

A bola já está rolando pelo Campeonato de Futsal dos Correios em Alagoas. No jogo inaugural, na manhã deste sábado, 26, o Administrativo venceu o CDD Ponta Verde por dois a um, enquanto que na segunda partida, os Dragões do Norte, time formado pelos colaboradores que trabalham no Litoral-Norte de Alagoas, derrotou a equipe de Satuba por quatro a três. 


Jogadores em ação na quadra do Sesi, na Cambona, em Maceió


A competição prossegue até o próximo dia 09 de agosto, quando acontece, em Maceió, a finalíssima. A etapa Arapiraca, que será disputada pelas equipes da Zona da Mata, Baixo São Francisco, Agreste e Sertão, vai acontecer no sábado, 2 de agosto, no Clube dos Servidores Municipais

Os organizadores pensaram nos mínimos detalhes para que se tenha uma competição de nível profissional. Desde o regulamento, passando pelas condições oferecidas aos atletas, arbitragem, equipamentos-esportivos etc, tudo está sendo feito com muito profissionalismo. E ainda tem muita coisa boa para acontecer, afinal, a emoção está apenas começando.

Novos sócios recebem carteira da ACDA

Antônio Torres dá uma aula de comportamento aos presentes


Em solenidade acontecida no Museu dos Esportes, no Trapichão, em Maceió, na tarde-noite desta sexta, 26, a Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas entregou as credenciais dos novos sócios da entidade. Coube ao radialista Antônio Torres saudar os recém-chegados à ACDA. Na fala, o Melhor Comentarista do Nordeste destacou a importância da credibilidade do homem de mídia e lembrou que é preciso ser imparcial ao tratar os fatos e saber que, sempre, estará lidando com uma audiência apaixonada, fato que exige do radialista e/ou jornalista um cuidado redobrado com o que vai dizer para não estimular uma massa enfurecida de torcedores, por exemplo, a cometer loucuras em uma praça de esportes.

 
Presidente Jorge Lins entrega a carteira de José Soareste

Entre os que receberam a primeira carteira está o comentarista José Soareste (Difusora MCZ), que agradeceu a todos por  recebê-lo de braços-abertos na nova missão. Soareste é um dos maiores craques do futebol alagoano de todos os tempos, tendo brilhado em meados do século passado com a camisa do CSA

A noite foi encerrada com um coquetel servido aos presentes. Foi bom ter estado lá, reencontrar os pares e colocar os assuntos em dia. Quem não foi perdeu um belo momento de congraçamento entre os que fazem a mídia-esportiva alagoana.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

ACDA comemora

Presidente Jorge Lins e diretoria, trabalhando pela categoria


A Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas  comemora os 71 anos de existência, completados no último dia 22, com um coquetel oferecido aos associados e convidados na tarde desta sexta, 25, às 17h, no no Museu dos Esportes Edvaldo Alves Santa Rosa, o Dida. As festividades têm sequência no sábado, 02 de Agosto, às 09h, com uma partida de futebol entre os cronistas e a Caixa Econômica, evento marcado para o campo do CSA. Parabéns a atual diretoria pelo efetivo trabalho que realiza à frente da ACDA!

quinta-feira, 24 de julho de 2014

No ar

O Grupo GB de Comunicação, através do preposto Farias Jr., esclarece com relação ao post Fora do ar, que a situação dos trabalhadores dos transmissores das emissoras  já foi solucionada e que não há mais ninguém com salários atrasados. Está feito o esclarecimento como cabe ao bom jornalismo.

Brasil e Itália pugnam por Falção

Falção espera de braços abertos pela melhor proposta


O sucesso de Paulo Roberto Falcão na Fox, durante a Copa do Mundo, já rendeu convite do  canal Sky Sports, da Itália, para comentar os jogos do Roma, na Champions League. Falção morou 5 anos na Itália e fala fluentemente a língua-nativa. O canal Fox Brasil também tem interesse em manter Falção na casa, mas o elegante comentarista só deve anunciar qual caminho seguirá, em agosto.

Fabíola Gadelha, a odiada

Fabíola no comando da maior audiência da Record


A jornalista Fabíola Gadelha, que foi presenteada com a apresentação do Cidade Alerta durante esta semana, na ausência do titular Marcelo Resende, já conseguiu desagradar a gregos e troianos. Pessoal da Record está reclamando do comportamento da moça. Segundo eles, a apresentadora-tampão está tratando repórteres e produtores com ar de superioridade. Verdade ou inveja? Vale lembrar que Gadelha é de Manaus e, infelizmente, ainda temos muito preconceito em relação a nortistas e nordestinos no Brasil.

Fora do ar

 
Transmissor virou uma arma dos trabalhadores do Grupo GB de Comunicação


Por pouco, muito pouco mesmo, as rádios Mix FM e Jovem Pan AM, as duas de Maceió, não saem do ar. Os funcionários dos transmissores estavam dispostos a desligar as máquinas e passar a chave na porta, em protesto pelo atraso de dois meses nos salários. A rádio da família Bulhões se prontificou a resolver a questão até esta sexta, 25.

Salário subiu

 
Presidente Paulinho Guedes explicou que foi difícil colher a assinatura de todos os empresários

Foi pouco divulgado, mas o Sindicado dos Radialistas de Alagoas fechou acordo com a classe patronal e garantiu reajuste de 6% para a categoria em todo o Estado. A assinatura aconteceu no último mês de abril, mas a implantação é retroativa  a março de 2014, data-base da categoria. Com o realinhamento, o novo piso que já está sendo pago pelas empresas é de R$ 1.074,00, em Maceió, e de R$ 837,60, no interior. Vale a pena lembrar que os 6%  reajustam todos os valores pagos no rádio de Alagoas.

Rússia aprimora modelo de gastos brasileiro

A previsão de gastos com a Copa do Mundo, na Rússia, em 2018, é de   R$ 90 bi (US$ 40 bi), segundo o Ministro  dos Esportes Vitaly Mutko. No Brasil a farra ficou em R$ 26 bi. 


Estádio que vai abrigar jogos em 18


Tal qual no Brasil, na Terra da Vodka, as insatisfações crescem à medida  que os custos só aumentam. Os críticos também reclamam que a capacidade mínima para estádios de Copa do Mundo é de 45 mil lugares, enquanto que a média de público do campeonato russo é de 11,5 mil. Resumo da ópera, digo Copa: o Brasil perdeu a competição e saiu humilhado, mas em compensação exportou know how para os soviéticos. Que maravilha!

Acabou o "No Pique da Pan"




Saiu do  ar  um dos mais tradicionais  programas-esportivos do rádio brasileiro. No Pique da Pan, que foi apresentado nas últimas décadas pelo experiente Wanderley Nogueira.  O diretor, Marcelo Carvalho, lembrou que, desde 2013, o informativo apenas ia ao ar às segundas e, às vezes, às sextas, pois nos outros dias a emissora estava com  jornada- -esportiva. "Achamos, para o bem da programação, tirar o programa do ar pois não tinha mais sentido  só ser veiculado dois dias", afirmou. O próprio  Carvalho já está desenvolvendo, conjuntamente com o também diretor e filho do dono, Tutinha, uma nova programação para ser implantada quando da  migração  para o FM. Os "caras" estão pensando à frente. A isto chamamos planejamento.

Vem aí o "Chacrinha das Alagoas"!

 
Seu Vavá: do rádio para a TV

Ao melhor estilo Cassino do Chacrinha, chega à telinha o Barraco do Seu Vavá, que estreia, em agosto, na TV Maceió, canal 22 (Net). O programa consagrado no rádio alagoano, na versão televisiva será apresentado em um auditório, claro, com Edval Vieira comandando a audiência. A condução do barraqueiro para o vídeo foi uma sacada de mestre do empresário Paulo Cajueiro, que enxergou em Seu Vavá potencial para um novo veículo de comunicação. A dúvida que fica no ar é quem serão as Vavazetes e se a escolha vai ficar por conta de Nereide Lopes, esposa e escudeira de Edval Vieira. Boa sorte a todos!

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Difusora contrata narrador

Martins em sua nova casa


Wellython Martins é o mais novo contratado da Difusora/MCZ. Acertou para narrar jogos até o final do ano. A negociação durou uma semana inteira, mas as partes chegaram a um acordo que foi bom para os dois lados. "Estou superfeliz", disse o narrador ao Blog. Martins havia deixado a Jornal AM/MCZ recentemente e é um grande reforço para a Pioneira. Ainda tem muita gente boa em disponibilidade no mercado e que cabe como uma luva na Emissora Oficial do Estado.

As cores do mundo

 
A miopia impede de enxergar a diversidade

A turma do PT não consegue sair do pastoril e enxergar que existem outras cores além do azul e do encarnado. Basta alguém tocar em algum assunto que os desagrade e já pensam que a pessoa está na trincheira de luta de Aécio Neves. Já está virando paranoia. Como diria Costa Cabral, "Existe muito mais coisa no ar do que avião de carreira.". Acorda pessoal!

Slogan infeliz

Vacilaram os marqueteiros do candidato Cícero Almeida ao criarem o slogan "É isso que eu quero" para a  campanha-eleitoral. A frase pode ser manipulada por adversários para, por exemplo, perguntarem: Mas é isso que você quer? e coisas do gênero.

 
Plotagem de Almeida em carro de eleitor


Lembremos algumas coisas relacionadas. Cliente querendo um produto diferente: "Você só tem isso?". Filho sentado à mesa e olhando desgostoso para a comida: "Mamãe, é isso que eu vou comer?". Alguém que não gostou de um presente que recebeu: "Quero isso nada.". Como o período-eleitoral está apenas começando, vale a pena mudar o refrão do forrozeiro. É o que penso.

Simplesmente, Silva

Silva representa a opinião da Jornal


A Jornal AM/MCZ só vai contratar um substituto para o comentarista Marlon Araújo, no ano que vem. Na atual temporada Silva ficará com a incumbência. Marlon ainda trabalha na 710 até o final de julho, quando migra para Pajuçara (rádio e TV), as duas de Maceió. Coincidentemente, na virada do ano, Antônio Torres deixa a Paju. Será?

terça-feira, 22 de julho de 2014

Proposta fria

Incrível. Um Deputado é entrevistado em uma emissora de rádio. Após a sabatina o apresentador do programa, que também é gerente-comercial, pede um condicionador de ar ao parlamentar, alegando que era para a sala de reunião da emissora, visto que a empresa não tinha condições de comprar. O político assumiu o compromisso de dar o presente, mas o aparelho ainda ainda não chegou. 

 
Condicionador de ar e credibilidade abaixo de zero

Pergunto: como fica o prefixo na hora que tiver de fazer uma crítica mais contundente ao eleito? Não se trata de jabá (dinheiro pago para falar somente coisas boas a respeito de alguém), mas o pedido é de uma promiscuidade sem precedentes. O rádio não sobreviverá enquanto pessoas deste quilate o estiverem integrando. É o que penso.

Papada x Vavá

Uma ouvinte está causando desconfiança na Jornal AM/MCZ. Ela já entrou duas vezes no ar, no Clube do Brega, apresentado pelo descolado Papada do Brega, e indagou o porquê do Barraco do Seu Vavá ter saído da grade de programação. A pessoa chegou a dizer que não entendia os motivos de "Um progarma bom como aquele (Barraco) saiu e um que não presta como este (Clube) ter ficado". Diante da repetição do texto, desconfia-se na 710 que a "ouvinte" estaria participando  a mando de Edval Vieira.


Audiente quer ver Papada na "lona"

Não concordo com o pensamento. Conheço a índole do Seu Vavá e sei que jamais se prestaria para tal atitude. E como explicar o acontecido? Aí só contratando uma investigação-policial, coisa que não sei fazer.

Marlon Araújo troca de endereço

Marlon Araújo é o mais novo contratado do Pajuçara Sistema de Comunicação. O comentarista troca a Jornal AM/MCZ por um projeto ambicioso na Pajuçara FM e TV Pajuçara, as duas de Maceió. Antônio Torres, até então titular absoluto, vai revezar com Marlon nas resenhas e jornadas-esportivas até o final de 2014, quando deixa definitivamente o PSCOM. O Melhor Comentarista do Nordeste será o segundo a sair da equipe de esportes comandada por César Pita. O repórter Rodrigo Veridiano, que era setorista do CRB, foi demitido semana passada. Rodrigo Cortez ficará encarregado do noticiário do CRB e do CSA nas duas resenhas da emissora.


Pajuçara: Marlon vem e Torres vai


A saída de Marlon da Jornal pode sacudir, também, o rádio de Arapiraca. Embora ainda não confirmado oficialmente por Walmari Vilela (coordenador do Timão 10), o nome de Oswaldo Barbosa (Novo Nordeste) está badaladíssimo nos bastidores da rádio do empresário João Lyra. Resta saber se com a crise-financeira enfrentada pela 710, haverá dinheiro suficiente para fazer o coordenador de esportes da NN trocar a Capital Brasileira do Fumo por Maceió. Vamos aguardar, pois só o tempo dirá. Boa sorte a todos, estejam onde estiverem!

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Inversão de valores no CRB

Escutei na Jornal AM/MCZ um dirigente do CRB reclamando que os torcedores não estavam aderindo a Campanha Sócio-Torcedor do Clube. Toda responsabilidade pelo não atingimento das metas foi repassada para os apaixonados pelo Regatas. Pura miopia de marketing (enxergar o problema com os próprios olhos e não vê a situação pela ótica do cliente). 




O que precisa ser feito é um estudo para detectar o porquê da ação não está atingindo o público-alvo e redirecionar o trabalho. Isto nada mais é do que girar o ciclo PDCA (sigla em inglês para planejar, fazer, checar e agir), bastante conhecido dos  administradores oriundos dos bancos escolares. Estão invertendo os papéis nas hostes dos Argonautas da Esperança.

O círculo é sempre vicioso

Comando-técnico gira, gira e fica no mesmo


A confirmação do nome de Dunga para dirigir a Seleção Brasileira reduz o futebol nacional a estatura de um anão. Quando o assunto é treinador, não avançamos um centímetro, ficamos o tempo todo rodopiando em um círculo-vicioso. No caso do comando-técnico estamos sempre com Zagalo-Parreira-Zagalo-Felipão-Dunga-Felipão-Dunga. Mas com o "Zé das Medalhas" à frente de tudo, vamos esperar o quê? Lamentável.

Erotismo entra na vida de humorista

Meirelles: sexo não é piada


O humorista Maurício Meirelles (CQC)  está à frente de um documentário e de um longa-metragem pornôs, da produtora  Brasileirinhas. É o Arrombando a Porta dos Fundos, com previsão de lançamento para 24 de agosto. Título e data da estreia muito sugestivos, não?

Quem vai resolver?

André Nunes: sorriso leve nos tempos em que era aproveitado no time


A semana que começou, ontem, pode marcar uma reviravolta na situação de três jogadores do Asa. O coringa Thallyson, o volante Jorginho e o zagueiro André Nunes. O Presidente Everton Santiago, em entrevista à 96 FM Arapiraca, anunciou que irá conversar com os atletas, provavelmente nesta terça, 22, para por um ponto-final no assunto. Todos estão afastados do clube.


Jorginho já não corre mais atrás da bola

Os atletas Thallyson e André Nunes, também falando à 96, disseram ter ficado chateados com a condução do afastamento. Afirmaram que Asa e Campinense acertaram tudo sem que eles tivessem, sequer, sido comunicados. Quando externaram que não tinham interesse em se mudar para Campina Grande, ouviram da diretoria um ultimato: "Escolham: Campinense ou rescisão de contrato", afirmaram na sabatina comandada por Clevânio Henrique, ao que os atletas decidiram pela rescisão. 


Thallyson: cara-feia quando pensa no futuro

Os três jogadores formados no Asa estão sem treinar há mais de 15 dias, mas aceitam conversar e até voltar a defender o clube. Para resolver a pendenga só muita saliva. Jogadores x Presidente e Santiago x Beto Almeida (técnico). Seja qual for a saída, uma coisa é fato: o Asa não pode, de uma hora para outra, desvalorizar o próprio patrimônio.  É o que penso.

Jotinha não volta

Jotinha Alexandre agora só fala da gestão do Coringa


Pelo que senti, em Arapiraca, o afastamento de 45 dias do Presidente Jotinha Alexandre (Asa) é uma solução química, ou seja, não tem retorno. Alega que vai se dedicar em tempo integral ao Grupo Coringa, da família Alexandre, não tendo mais espaços generosos para o Alvinegro. Junte-se a isso o desejo que nutria - não era de agora - de deixar o comando da Agremiação, tendo, inclusive, dito isto, ao vivo e em cores, em uma entrevista concedida à 96 FM Arapiraca. Encontrada a fórmula para a saída, o clube deverá mesmo ser tocado pelo Vice-Presidente Executivo Everton Santiago até o final do mandato da atual diretoria. Em novembro tem eleição no Asa.

domingo, 20 de julho de 2014

Engana-me que eu gosto

A criação da figura de um Coordenador-Geral de Seleções, na CBF, foi nada mais nada menos que um engodo cuspido na cara do torcedor brasileiro na tentativa de aplacar a ira com o fiasco na última Copa do Mundo. Não precisamos de uma pessoa, seja ela Gilmar Rinaldi ou Zé das Coves, ocupando apenas um cargo criado na Confederação Brasileira. Necessitamos que seja implantada uma estrutura revolucionária no futebol brasileiro, como fez a Alemanha e já começou a colher os frutos. Aliás, tão logo foi encerrada a Copa, no Brasil, abordamos o assunto no post Uma proposta para a CBF.


Dunga na Seleção: sinal de preocupação


Com um "empresário" mandando na Pátria de Chuteiras e a provável  volta de Dunga ao comando técnico da Seleção, estamos mais do que perdidos. Nem ele nem ninguém resolverá o problema, sem que receba uma geração que tenha sida trabalhada na base por longos anos, sem clubes fortes, sem campeonatos organizados, sem que a lei seja cumprida, sem que a corrupção suma do esporte brasileiro, sem, sem, sem... A questão é estrutural, mas passa pela eleitoral. E é aí que mora o perigo.

sábado, 19 de julho de 2014

Difusora líder

Estivesse eu à frente do Instituto Zumbi dos Palmares e a Difusora estaria com a melhor equipe de profissionais do rádio alagoano. Somente com  o desmanche latente da equipe de esportes da Pajuçara FM e a insanável  crise financeira da Jornal, já teria   recrutado os mais gabaritados e os levado para  a Pioneira. Como pagar? O que não faltam são cargos- -comissionados no Governo de Alagoas, que aliás, são os melhores salários ofertados pela estrutura governamental alagoana. Bastaria  mais de poder de persuasão  dos dirigentes da RD e IZP  junto ao Governo para fazer a Difusora voltar aos bons tempos.

 
Vontade política faria a Difusora abrigar muitos talentos


Anotem alguns nomes que poderiam reforçar a Emissora Oficial do Estado e transformá-la em uma potência: Walmari Vilela, Luciano Costa, Walter Luis, Wyderlan Araújo, Antônio Guimarães, Ildo Rafael, Marlon Araújo, Silva, Emerson Jr., Marcos Tchola, Edval Vieira, Edvaldo Alves, Cesar Pita, Antônio Torres, Paulo Roberto, Rodrigo Veridiano, entre outros. Duvido que com um salário acima da média paga no rádio de Alagoas, os profissionais citados não aceitassem alavancar a RD. A mim me parece que falta apenas um pouco de empenho dos que estão no comando do IZP e Difusora para fazer o prefixo 960 voltar a comandar a audiência no Estado. Outra saída seria realinhar os salários e recrutar as melhores cabeças via concurso público, mas aí já é uma decisão estritamente do Palácio Floriano Peixoto. Acorda, galera!

Wyderlan deixa a Jornal

Wyderlan agora corre em busca de novos objetivos


Wyderlan Araújo já não integra mais o Timão 10. O radialista, que atuava como setorista do CSA, deixou a 710 AM para se dedicar à administração  do patrimônio familiar. Segundo ele, nada a ver com a cáustica crise financeira enfrentada pela Jornal. Sem  o profissional no ar, seguramente o segmento esportivo fica mais pobre. Quem sair por derradeiro que apague a luz.

Rodrigo Veridiano deixa Pajuçara FM

Rodrigo Veridiano não é mais repórter da Pajuçara FM/MCZ. A notícia foi confirmada pelo radialista no perfil que possui no Facebook, ao deixar a emissora após seis anos e meio de dedicação. Veridiano era setorista do CRB. Na postagem após a demissão, afirma: "Está difícil me conter".


Rodrigo x Pajuçara, um caso de amor que acabou


Bola p'ra frente, garoto! Também tive uma deliciosa passagem pela TV Pajuçara, logo quando foi inaugurada, que representou um excelente momento da minha vida profissional, mas foi a partir do momento em que fui mandado embora que dei uma guinada na minha vida e consegui subir muitos degraus, antes inimagináveis. Você é multifacetado, não é monoprofissional e muito em breve estará recolocado no mercado da comunicação. Sucesso, sempre!

Profissão de carteiro vai desaparecer, revela estudo

O velho carteiro vai precisar encontrar novos endereços de trabalho


Estudo divulgado por um site estadunidense, com expertize em carreiras, aponta as 10  profissões que deverão desaparecer nos próximos oito anos. O estudo se baseou em estatísticas trabalhistas dos Estados Unidos.

Confira as dez profissões mais ameaçadas, pela ordem:

   Carteiro
   Trabalhadores rurais
   Técnico em leitura de medidores de energia
   Repórteres de jornais
  Agentes de viagens
   Lenhadores
   Aeromoça
   Trabalhadores do setor produtivo industrial
  Trabalhadores da indústria gráfica
10º Agente de cobrança

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Chega ao mercado concorrente do Tunein

 
RadiosNet já cegou



Os amantes do rádio têm, agora,  mais um aplicativo  para curtir as ondas sonoras pelo celular. É o RadiosNet, um APP do portal Radios.com.br, que trás milhares de prefixos online do Brasil e do mundo, separadas por país, estado, província, regiões e segmentos de programação, facilitando a sintonia da emissora desejada. O aplicativo está disponivel no Google play, ou no site www.radiosnet.com. O excelente Tunein já não reina mais soberano. A concorrência chegou.

Futebol brasileiro está de luto

A notícia de que o Agente-Fifa, Gilmar Rinaldi, é o novo Coordenador-Geral de Seleções da CBF deixa o Brasil inteiro de luto. Definitivamente não era o que o torcedor esperava, mas, da Confederação Brasileira de Futebol podemos esperar tudo. Mesmo dizendo que não vai dar continuidade ao trabalho como "empresario de futebol" enquanto estiver no cargo, fica difícil aceitar que não sofrerá influência de outros do ramo para, digamos, "dar uma mãozinha" a algum atleta ligado a determinado representante.


Olhar vazio do "empresário" durante apresentação


Rinaldi será responsável por todas as categorias da Seleção Brasileira (masculina e feminina), mais ou menos na linha do que propusemos no post Uma proposta para a CBF, na quarta, 16. Fico triste com o anúncio e acho que nada mudará, infelizmente, no futebol brasileiro. Estamos em um beco sem saída e com um enorme buraco no meio.

Apito silenciado

Armando Marques


Morreu   na madrugada desta quinta, 17, no Rio, de insuficiência renal, o ex-árbitro Armando Marques, 84.  Foi um dos principais juízes da história do futebol brasileiro em uma carreira que durou 16 anos. Na década de 1970 apitou muitas partidas importantes e decisivas do Campeonato Alagoano. Estilo único, Armandinho como era chamado pelos íntimos, era um show à parte nos jogos que comandava e acabou sendo copiado pelo também árbitro, Jorge Emiliano, o Margarida. Vai com Deus, Marques!

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Legado da Copa para o Linha de Passe

O excelente Linha de Passe, da ESPN Brasil, será, agora, apresentado duas vezes por semana. Originalmente exibido às segundas, aconteceu diariamente durante a Copa do Mundo, e devido ao sucesso de audiência foi colocado na grade de programação das sextas, à noite. 


Linha de passe ganha mais uma edição


Bom para os assinantes pela qualidade do debate que vai ao ar com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Antero Greco, Paulo Calçade, José Trajano e Paulo Vinícius Coelho, além da apresentação democrática de Paulo Andrade. Os jornalistas da mesa-redonda não afinam a conversa para ninguém, daí a credibilidade do programa.

Datena cumpre o prometido

Datena exibiu cueca na Band, ao vivo e em cores


O apresentador do Brasil Urgente (Band) havia prometido apresentar o policialesco usando cueca se a Seleção Brasileira fosse derrotada para a Alemanha. O time brasileiro foi goleado por sete a um e o jornalista cumpriu o acordado. Apresentou o programa vestido em uma samba-canção com as cores germânicas. Fica a lição para os políticos que tanto prometem e não cumprem nunca.

Ela é gentil

Após o estrondoso sucesso na Copa do Mundo, Fernanda Gentil vai subir alguns degraus na Globo. Já existe quem  defenda que a moça assuma a apresentação de um programa esportivo, enquanto que outra corrente a vê melhor casada  com a reportagem de rua. De qualquer forma o contrato da jornalista devevá ser renegociado, o que significa mais alguns cifrões na conta-bancária.

 
Gentil sai da Copa valorizada

É muito bom ver este tipo de reconhecimento-profissional. Os elogios são bem-vindos, o crescimento dentro da empresa igualmente, mas um agrado ao bolso deveria, sempre, fazer parte da subida em qualquer segmento. Trabalhei em uma que tinha como forma de recompensa apenas o parabéns e o "do cara...". A tática acabou virando piada entre os colaboradores e quando alguém a sapecava, logo ouvia, de supetão, um "transforme", acompanhado do esfregar do polegar com o indicador.

José Carlos Araújo deixa a Band

José Carlos Araújo e agregados (Gérson, Dé e Gilson Ricardo) deixaram a Band, onde apresentavam a versão fluminense de Os Donos da Bola. O Garotinho  sai do canal após sete anos de casa.


Nanda preferiu ficar encantando a audiência

 
A partir da próxima segunda, 21, o programa que vai ser mostrado para todo o Estado do Rio será ancorado pelo jornalista Sandro Gama, com participações de Edmundo e Fernanda Maia, a única que trabalhava com  Araújo e não foi embora.

Governo quer regular horário do futebol no Brasil

Estão na Câmara dos Deputados três projetos de lei que visam fixar um horário máximo para o encerramento dos jogos de futebol, no Brasil. Em um deles a hora-limite é 21h, enquanto que os  outros dois colocam  23h como o máximo permitido para a bola parar de rolar. 


Desligar a TV poderia forçar mudança nos horários


Sou a favor de início mais cedo para os jogos. Acho que 19h é o ideal para começarem e 22h o melhor para o apito final, mas daí o Governo se meter para legislar, já considero entrar em uma seara que não compete às autoridades governamentais. Quem pode mudar o tempo de início e fim dos eventos é o telespectador/torcedor. No momento em que todo mundo deixar de ir ao estádio e de assistir às partidas pela TV por conta do horário, seguramente haverá mudanças. É assim que funciona o mercado. Só que para isso acontecer seria preciso um nível de consciência-política elevadíssimo do brasileiro, coisa que jamais será alcançada sem a educação que não é ofertada a ele, povo. É o que penso.

Uma proposta para a CBF

Estrutura da CBF


O atual organograma da Confederação Brasileira de Futebol é o mostrado na imagem acima. Diante da necessidade de reformulação total no futebol brasileiro, sugiro a criação de uma nova diretoria. A Diretoria de Futebol, que seria ocupada por uma pessoa com expertise em gestão do esporte. Sob o comando desta diretoria ficaria todo o futebol brasileiro, com um gerente para cada um dos diversos ramos, conforme figura abaixo.
 
 
Novo modelo para o futebol brasileiro

Para a ideia dar certo é preciso que o Diretor de Futebol seja alguém realmente qualificado e que apresente um projeto de longo-prazo, que seja cumprido à risca pelas áreas subordinadas e que os cartolas que estão acima da Diretoria de Futebol não se intrometam no trabalho, dando a chamada carta-branca para o especialista na matéria trabalhar. Caso contrário a sugestão ficaria apenas na teoria e o incremento no organograma seria apenas mais um gerador de despesas para os cofres da CBF. 

O ser midiático precisa apontar erros, mas também mostrar saídas para não escutar gracejos do tipo: "Fala muito", "Manda ele fazer", "Só sabe falar", "Por que não disse isso antes!" e outras do gênero. Dentro desta linha de  pensamento o Blog oferece um caminho a ser estudado, não significando que seja o melhor e que deva ser implementado, mas já é um conceito para ser debatido pelas partes interessadas. É o que penso.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Cai Felipão

Duas goleadas derrubaram Luiz Felipe da Seleção
 
 
Felipão não é mais técnico da Seleção Brasileira.  O treinador deixou o comando do Brasil na noite de ontem, segundo informação divulgada pela Rede Globo. O auxiliar Parreira seguiu o mesmo caminho. Também estão fora o auxiliar-técnico Flávio Murtosa, o preparador de goleiros Carlos Pracidelli e o preparador físico Anselmo Sbragia. Aguarda-se, agora, a divulgação oficial pela CBF e quem será o novo técnico do Brasil.

domingo, 13 de julho de 2014

Trabalho, dedicação e planejamento ganham a Copa do Mundo



Alemanha campeã: vitória do coletivo (Foto: Fifa)



Não foi apenas a Seleção da Alemanha que venceu a Copa de 2014, aqui no Brasil. Foi a Nação Alemã que conseguiu a vitória, buscada em um trabalho de base que foi planejado até o coroamento com a conquista do quarto campeonato. Estejam preparados para mais triunfos do povo alemão. O campeonato ganho na Terra Tupiniquim é apenas o primeiro passo depois da reconstrução do futebol germânico. Muitas outras glórias surgirão. Está tudo pensado. A cada dia a máquina que faz brotar talentos na Terra Teutônica será aperfeiçoada e o mundo será obrigado a copiar o modelo, ou inventar algo que supere os arianos.

Seleção Brasileira fora da próxima Copa




Sem querer ser alarmista e observando toda a podridão que envolve os bastidores do futebol brasileiro, começo a ficar extremamente preocupado. O fiasco, dentro do campo, na Copa de 2014, disputada no Brasil, é apenas o efeito que tem por causa a eterna sangria  que ocorre no mundo da bola e que passa pela Confederação, federações e clubes. Ou os inimigos do futebol e amigos de si próprios vão para a jaula, ou a Seleção Brasileira vai ficar de fora da próxima Copa do Mundo, na Rússia. Não é meu pensamento alarmar ninguém, mas precisamos estar preparados para o pior. Estamos diante de um dilema onde somente um vai sobreviver: o futebol ou os espertos cartolas que o dirigem. O sinal de alerta está ligado.

Um viaduto perdido

"Morro e não me acostumo". O ditado-popular parece ter sido construído para a cidade de Maceió. As coisas que acontecem na capital de Alagoas, se contadas em Portugal, seriam motivo de piada. E olhe que nós, os brasileiros, é que costumamos fazer brincadeiras com os irmãos portugueses.


Ib Gatto está morto


Pois bem. Os moradores mais antigos lembram o sufoco que era o cruzamento da Praça Bomfim com a Ladeira Geraldo Melo, no bairro do Poço. Tudo por conta de um semáforo que havia no local. Para acabar com o gargalo foram gastos "zilhões de euros" para construir o viaduto Ib Gatto Falção. Tão logo a obra foi entregue à população inventou-se um semáforo nas proximidades do antigo Cine Plaza, na Comendador Calaça. Agora instalou-se um novo ao lado do Posto Tiradentes, obrigando a quem desce do Farol, parar na sinaleira, ou seja, trocamos um sinal por dois e o viaduto perdeu a função que era deixar os carros trafegarem livres. 

Diante disso, pergunto: qual a finalidade de botar tanto dinheiro do contribuinte em uma obra de engenharia, se depois de construída perde a missão para a qual foi criada? Realmente tem gente brincando no Serviço-Público do Município, principalmente quando o assunto é mobilidade-urbana. Já é chegada a hora de usar melhor o dinheiro arrecadado em forma de tributos e que sai do bolso do cada vez mais pobre trabalhador brasileiro.

sábado, 12 de julho de 2014

Osmar de Oliveira virou saudade

Doutor Osmar representou qualidade na mídia nacional


A crônica-esportiva e a medicina brasileira estão mais pobres desde ontem. É que faleceu o médico e jornalista Osmar de Oliveira, aos 71 anos, vítima de um tumor na próstata, contra o qual vinha lutando havia um bom tempo.

96 FM com novo visual

Dentro das melhorias físicas no prédio da 96 FM Arapiraca, chama atenção o novo estúdio da emissora, em fase final de reformulação, com a cor preta reinando soberana e dando um tom chique ao ambiente. A melhoria das condições de trabalho integra o pacote onde estão a satisfação da equipe e o aumento da produtividade. 


Novo estúdio da 96 está quase pronto


A 96 tem uma programação diversificada, oferece um jornalismo arrojado aos ouvintes, além de ter uma equipe de esportes de alta qualidade. Parabéns aos empresários Marcelino Alexandre e Raulene Santos pela visão de longo-prazo!