.

.

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Veja no Vlog




Confira no Vlog do Murta o último comentário do ano, onde o colunista fala a respeito da eleição da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas, marcada para janeiro próximo. Vale frisar que depois da postagem Edital para eleição na ACDA macula o Estatuto da Entidade o documento foi colocado na primeira página do sítio-eletrônico da Entidade. Feliz Natal a todos e um próspero Ano-Novo.

domingo, 20 de dezembro de 2015

Edital para eleição na ACDA macula o Estatuto da Entidade


A primeira coisa que me arrepiou ao ver publicado o Edital para a eleição da nova diretoria da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas, foi o local. Não está na primeira página do sítio-eletrônico da Associação, como deveria, mas "escondido" na seção Notícias, deixando de ser 100% transparente. Que bom que fosse somente isso!


Antes da hora do voto tudo tem que ser feito dentro da legalidade


O documento diz textualmente; "Eleição dos membros da Diretoria Executiva: Presidente e Vice-Presidente e do Conselho Fiscal: 3 (três) membros Titulares e 3 (três) membros Suplentes". Está errado. O Estatuto é claro em seu artigo 44: "Os Membros  da Diretoria- -Executiva e  do Conselho-Fiscal, bem como seus suplentes, serão eleitos por processo direto", portanto, todos os integrantes da Diretoria-Executiva serão eleitos e terão que estar inscritos na chapa, não sendo apenas eleitos o Presidente e o Vice. A Diretoria-Executiva está muito bem definida no artigo sexto e é composta por 13 nomes, além dos seis do Conselho-Fiscal. Notem que o artigo 44 fala em membros, no plural, não restando dúvida de que são todos. O artigo 50 reforça a tese: "O pedido de registro deverá estar assinado por todos os componentes da chapa". Fazer o contrário é querer zombar da inteligência alheia ou assinar atestado de incapacidade para interpretar textos.

Também não entendo o porquê de o Edital não conter os nomes dos componentes da Comissão-Eleitoral, que no meu entender já deveriam ser conhecidos por todos os interessados. Pensam que parou por aí. Ainda tem mais.

Agora estamos diante de uma invenção, que atende pelo nome de "urna itinerante". O Edital cria duas, mas o Estatuto não fala em nenhum momento em qualquer tipo de itinerância. A lei maior da ACDA consagra a expressão "mesa receptora", ou seja, local fixo, daí ter ficado sem saber o real motivo da criação da urna itinerante.

Acho que ainda dá tempo de desfazer a coleção de erros. Vai pegar muito mal para uma Associação, onde os membros criticam tanto os regulamentos de campeonatos confeccionados de forma esdrúxula por outros entes, incorrer no mesmo erro. O Blog avisa com antecedência. Esta eleição poderá terminar na Justiça. Senhores, por favor não vamos "pagar esse mico"!

domingo, 13 de dezembro de 2015

Férias


O momento, agora, é apenas para relaxar

O Blog e o Vlog entram em recesso para que o autor possa gozar alguns dias de merecidas férias. Em breve, voltaremos. Obrigado por nos acompanhar, Feliz Natal e um Ano-Novo com tudo de bom!

sábado, 12 de dezembro de 2015

Waldemir Rodrigues virou saudade

A crônica-esportiva brasileira perdeu, neste sábado, 12, a inteligência, a competência, o talento, a seriedade, a independência... do jornalista e radialista Waldemir Rodrigues (Gazeta AM/MCZ), que partiu para o plano espiritual na certeza de ter cumprido como poucos a missão de fazer um jornalismo de extrema qualidade. O Comentarista de Classe terminou os dias no planeta Terra aos 65 anos de idade, no Hospital Arthur Ramos (Maceió),  onde estava internado desde o dia 9 deste mês, tentando se recuperar de problemas hepáticos.



Waldemir Rodrigues na Gazeta (Foto: G1)


Waldema iniciou no rádio aos 20 anos de idade, no dia 28 de outubro de 1970, na rodada dupla CSA x Asa e Botafogo x Cruzeiro, segundo dia de jogo no Estádio Rei Pelé, trabalhando como plantão-esportivo, na antiga Rádio Gazeta, na Rua do Comércio, no centro de Maceió.

O sepultamento do corpo será neste domingo, 13, às 11h, no Parque das Flores, em Maceió. O comunicador deixa viúva, filhas e netos. Que Deus conforte a todos!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Fernando Murta comenta o impeachment de Dilma


População voltará às ruas para cobrar o impeachment

Confira no Vlog do Murta o novo comentário a respeito do impeachment da Presidenta Dilma.

Alagoano abre casa para mostrar sua arte


Engenheiro Aluísio ao lado do belo presépio

Um dos mais belos presépios deste Natal, em Maceió, foi montado pelo artista alagoano Aluísio Aragão, que todos os anos repete o feito, sempre acrescentando algo novo à representação do nascimento do Menino Jesus. E o melhor de tudo é que está aberto para visitação pública, na Rua João Lins Cedrim, 47, no Trapiche da Barra. Para quem não sabe onde fica o local, não é difícil de encontrar. Estando na Siqueira Campos, em frente ao Quartel dos Bombeiros, é só entrar na rua ao lado da Igreja de São José. Depois dobra à esquerda duas vezes e vai chegar ao destino. Vale a pena conferir. Parabéns ao idealizador pela grande obra realizada!

Novos fatos confirmam informação


Didira: está tudo confirmado (Foto:GE)

Mais uma informação prestada com exclusividade pela 96 FM Arapiraca, envolvendo o caso Didira, se confirma. Conforme foi dito, depois de assinar um pré-contrato com o empresário João Feijó, o jogador, agora, assinou com o Santa Rita/Corinthians e será emprestado ao CSA, em janeiro. Ponto para a 96, que neste episódio sempre disse ao ouvinte a verdade nos mínimos detalhes. 

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Radialistas sinalizam greve na Globo

A equipe do Deputado Federal, Cícero Almeida (PSD-AL), já deixou a Globo AM/MCZ. O homem-forte Fernando Bezerra deu por concluída, segundo ele, a "consultoria" que foi realizar na 710. Levou junto  toda a equipe de trabalho que estava tentando reorganizar a emissora.

 
Marca Globo sofre desgaste em Maceió


O estopim  foi a manifestação dos trabalhadores cobrando salários em atraso e descumprimento de acordo entre a rádio e os funcionários. O protesto foi nessa quarta, 09. Segundo o Presidente do Sindicado dos Radialistas Paulinho Guedes, o atraso é de nove meses e se até segunda-feira nenhuma alegria tocar o bolso dos radialistas poderemos ter greve na Globo.

Depois dos últimos acontecimentos houve um esfriamento por parte de Almeida, e o comando do empreendimento volta para o empresário João Lyra. Resta saber, agora, se depois de tanta confusão o Sistema Globo de Rádio vai querer continuar com a forte marca que possui vinculada ao prefixo de Maceió, ou vai desligar os botões. Vamos aguardar.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

O Aedes aegypti é único


Prazer, eu  sou o Aedes aegypti

É preciso um pouco mais de cuidado para não contaminar a população com algum mosquito que não existe. O inseto que transmite a dengue, a febre chikungunya e o zika vírus é o Aedes aegypti. Notem  que os dois nomes são iniciados  com a vogal A. Tem muita gente por aí rebatizando o mosquitinho com uma gama imensa de denominações diferentes. Só para que não reste dúvida. O nome científico dele é Aedes aegypti.

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Lúcio Maranhão ainda é do Asa


Bid mostra Maranhão no Asa

Pode parecer estranho, mas segundo o Boletim Interno Diário, publicado pela Confederação Brasileira de Futebol, o atacante Lúcio Maranhão ainda pertence ao Asa. Segundo o Bid do último dia primeiro de dezembro, o contrato AL2012820, do atacante Lucielmo Palhano Soares com o representante de Arapiraca terminará apenas em 30 de dezembro deste ano. O que vai acontecer depois da data? Com a palavra a diretoria do Alvinegro.

Isolado por Dilma, Temer dá o troco


Não há esperança: Temer está fora do Governo Dilma

Uma carta do Vice-Presidente Michel Temer (PMDB) à Presidenta Dilma, que vazou de dentro do Planalto, revela o isolamento a que vinha sendo submetido o político nos bastidores do poder. O documento, que já entrou para a História do Brasil, revela as traições na política, o jogo de interesses e que cada um só pensa no que é melhor para si. Temer enviou a missiva depois que Rousseff foi à mídia cobrar "lealdade" dele. Aí verificou-se  que a  falta de fidelidade estava do lado do PT. Abaixo a íntegra do que foi escrito por Michel Temer.


São Paulo, 07 de Dezembro de 2015.

Senhora Presidente,

"Verba volant, scripta manent" (As palavras voam, os escritos permanecem)

Por isso lhe escrevo. Muito a propósito do intenso noticiário destes últimos dias e de tudo que me chega aos ouvidos das conversas no Palácio.

Esta é uma carta pessoal. É um desabafo que já deveria ter feito há muito tempo. 

Desde logo lhe digo que não é preciso alardear publicamente a necessidade da minha lealdade. Tenho-a revelado ao longo destes cinco anos.

Lealdade institucional pautada pelo art. 79 da Constituição Federal. Sei quais são as funções do Vice. À minha natural discrição conectei aquela derivada daquele dispositivo constitucional.

Entretanto, sempre tive ciência da absoluta desconfiança da senhora e do seu entorno em relação a mim e ao PMDB. Desconfiança incompatível com o que fizemos para manter o apoio pessoal e partidário ao seu governo.

Basta ressaltar que na última convenção apenas 59,9% votaram pela aliança. E só o fizeram, ouso registrar, por que era eu o candidato à reeleição à Vice.

Tenho mantido a unidade do PMDB apoiando seu governo usando o prestígio político que tenho advindo da credibilidade e do respeito que granjeei no partido. Isso tudo não gerou confiança em mim. Gera desconfiança e menosprezo do governo.

Vamos aos fatos. Exemplifico alguns deles.

1. Passei os quatro primeiros anos de governo como vice decorativo. A Senhora sabe disso. Perdi todo protagonismo político que tivera no passado e que poderia ter sido usado pelo governo. Só era chamado para resolver as votações do PMDB e as crises políticas. 

2. Jamais eu ou o PMDB fomos chamados para discutir formulações econômicas ou políticas do país; éramos meros acessórios, secundários, subsidiários. 

3. A senhora, no segundo mandato, à última hora, não renovou o Ministério da Aviação Civil onde o Moreira Franco fez belíssimo trabalho elogiado durante a Copa do Mundo. Sabia que ele era uma indicação minha. Quis, portanto, desvalorizar-me. Cheguei a registrar este fato no dia seguinte, ao telefone.

4. No episódio Eliseu Padilha, mais recente, ele deixou o Ministério em razão de muitas "desfeitas", culminando com o que o governo fez a ele, Ministro, retirando sem nenhum aviso prévio, nome com perfil técnico que ele, Ministro da área, indicara para a ANAC. Alardeou-se a) que fora retaliação a mim; b) que ele saiu porque faz parte de uma suposta "conspiração".

5. Quando a senhora fez um apelo para que eu assumisse a coordenação política, no momento em que o governo estava muito desprestigiado, atendi e fizemos, eu e o Padilha, aprovar o ajuste fiscal. Tema difícil porque dizia respeito aos trabalhadores e aos empresários. Não titubeamos. Estava em jogo o país. Quando se aprovou o ajuste, nada mais do que fazíamos tinha sequência no governo. Os acordos assumidos no Parlamento não foram cumpridos. Realizamos mais de 60 reuniões de lideres e bancadas ao longo do tempo solicitando apoio com a nossa credibilidade. Fomos obrigados a deixar aquela coordenação.

6. De qualquer forma, sou Presidente do PMDB e a senhora resolveu ignorar-me chamando o líder Picciani e seu pai para fazer um acordo sem nenhuma comunicação ao seu Vice e Presidente do Partido. Os dois ministros, sabe a senhora, foram nomeados por ele. E a senhora não teve a menor preocupação em eliminar do governo o Deputado Edinho Araújo, deputado de São Paulo e a mim ligado. 

7. Democrata que sou, converso, sim, senhora Presidente, com a oposição. Sempre o fiz, pelos 24 anos que passei no Parlamento. Aliás, a primeira medida provisória do ajuste foi aprovada graças aos 8 (oito) votos do DEM, 6 (seis) do PSB e 3 do PV, recordando que foi aprovado por apenas 22 votos. Sou criticado por isso, numa visão equivocada do nosso sistema. E não foi sem razão que em duas oportunidades ressaltei que deveríamos reunificar o país. O Palácio resolveu difundir e criticar. 

8. Recordo, ainda, que a senhora, na posse, manteve reunião de duas horas com o Vice Presidente Joe Biden - com quem construí boa amizade - sem convidar-me o que gerou em seus assessores a pergunta: o que é que houve que numa reunião com o Vice Presidente dos Estados Unidos, o do Brasil não se faz presente? Antes, no episódio da "espionagem" americana, quando as conversar começaram a ser retomadas, a senhora mandava o Ministro da Justiça, para conversar com o Vice Presidente dos Estados Unidos. Tudo isso tem significado absoluta falta de confiança;

9. Mais recentemente, conversa nossa (das duas maiores autoridades do país) foi divulgada e de maneira inverídica sem nenhuma conexão com o teor da conversa.

10. Até o programa "Uma Ponte para o Futuro", aplaudido pela sociedade, cujas propostas poderiam ser utilizadas para recuperar a economia e resgatar a confiança foi tido como manobra desleal.

11. PMDB tem ciência de que o governo busca promover a sua divisão, o que já tentou no passado, sem sucesso. A senhora sabe que, como Presidente do PMDB, devo manter cauteloso silencio com o objetivo de procurar o que sempre fiz: a unidade partidária.

Passados estes momentos críticos, tenho certeza de que o País terá tranquilidade para crescer e consolidar as conquistas sociais.

Finalmente, sei que a senhora não tem confiança em mim e no PMDB, hoje, e não terá amanhã. Lamento, mas esta é a minha convicção.

Respeitosamente, 

MICHEL TEMER

A Sua Excelência a Senhora

Doutora DILMA ROUSSEFF

DO. Presidente da República do Brasil

Palácio do Planalto

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Pátria destruidora


Dilma deu as costas para a Educação (Arte: Istoé)


Apesar de a propaganda petista reafirmar diariamente na mídia o slogan do Governo Dilma (Pátria Educadora), profundos cortes estão previstos, exatamente na Educação, para o ano que vem. O Orçamento para 16 passa faca afiada em vários programas essenciais, principalmente no que se refere a Educação Básica. Em relação a 2015, a redução será de 26,7% (10 bi). Confira alguns itens no quadro abaixo.

RUBRICA
2015 (R$)
2016 (R$)
REDUÇÃO
Investimento
12 bi
5 bi
60%
Apoio ao Transporte Escolar para a Educação Básica (Caminho da Escola)
479 mi
zero
100%
Apoio ao Desenvolvimento da Educação Básica
294 mi
70 mi
76%
Infraestrutura da Educação Básica
1,6 bi
170 mi
54%

Não precisa ser nenhum analista para saber que não haverá transporte escolar para levar os pequeninos até as escolas, o que afetará não somente as crianças, mas também quem trabalha conduzindo os estudantes; que será muito difícil fazer qualquer reparo, como carteiras quebradas, vidros danificados etc; que construção de novos espaços passa a ser sonho. Tudo que foi prometido na campanha de Rousseff, que trouxe a mentira junto com ela e que ainda insiste em perpetuar o desgoverno. Só o impeachment salva. 

O Vlog chegou


Nasce um novo canal de comunicação para você


O Vlog do Murta já está disponível para o amigo internauta que gosta de vídeos jornalísticos. Por enquanto apenas material do nosso acervo, mas já estamos trabalhando para produzir matérias atualizadas, que abordarão os assuntos mais polêmicos do momento, mantendo sempre a nossa missão que é "Ser referência em dignidade, independência e respeito às opiniões, que serão sempre identificadas e respeitosas.". Para visitar, clique aqui e aguardem novidades.

domingo, 6 de dezembro de 2015

O rebaixamento do Vasco tem dono

O terceiro rebaixamento do Vasco, em um período de oito anos, para a Segunda Divisão do futebol brasileiro, precisa ser muito bem analisado pelo torcedor vascaíno. Que ele entenda que a queda não aconteceu apenas dentro do campo, mas principalmente fora dele. E o principal responsável atende pelo nome de Eurico Miranda, que, mais que servir ao Vasco, tem se servido dele por um longo período de tempo, sempre enganando a torcida com bravatas.


Debaixo de chuva e lágrimas Vasco cai no Couto Pereira


Claro que o Gigante da Colina vai retornar à Primeira Divisão. Time grande passeia pela Série B, como foi o caso do Botafogo este ano. Mas o rebaixamento precisa servir de divisor de águas em São Januário para que o modelo de gestão de Eurico Miranda seja sepultado junto com José Maria Marin, Marco Polo Del Nero, Ricardo Teixeira, Kleber Leite, João Havelange e tantos outros "espertos" que povoam o futebol brasileiro. Apenas na hora em que a bola não entra é que a arquibancada desperta para a realidade, enxerga a pilhagem que é feita no clube do coração e reconhece o descaminho administrativo de cartolas sabidamente malvados. 

Que o Vasco volte forte! Que a imensa torcida possa reviver os bons tempos! Que os anos de glória possam regressar! Que as conquistas recomecem! Que o sorriso substitua as lágrimas no rosto dos apaixonados pelo clube! Mas para que tudo isso possa acontecer, Eurico precisa desaparecer. O novo rebaixamento do Vasco pertence a ele.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Muito obrigado!


O Blog foi para o mundo


Final de ano se aproximando e é chegada a hora de agradecer aos amigos internautas do Brasil e fora dele, que acessam nosso Blog. Temos cliques originários dos mais remotos locais do planeta: Estados Unidos, Alemanha, China, Rússia, Malásia, Índia, França, Ucrânia, Espanha, Portugal, Indonésia, Turquia e Austrália. Fora do país os Estados Unidos são os campeões de visitas, com 28 mil acessos. A grande maioria encontrou nosso sítio-eletrônico via Google, seguido de perto pelo Facebook. Entendo que o fato de ter um tradutor na página é o que contribui decisivamente para que as pessoas dediquem seus preciosos  segundos para ler o que escrevemos. Obrigado a todos!

Aposentados, legalmente, recebem duplamente

É cada vez maior o número de aposentados que continuam trabalhando no Serviço-Público. Dessa forma recebem duplamente do Tesouro: o provento mais o salário de permanência, isso sem falar que em muitos casos ainda ocupam cargos que oferecem gratificação. Há alguma ilegalidade no fato? A resposta é objetiva: não. Mesmo assim, diante da crise enfrentada pelo país, já é chegada a hora de mudar a Constituição e impedir que uma pessoa receba dinheiro de dois canais governamentais.


Quem não quiser desfrutar da vida, que pelo menos não gere mais despesa para o erário


O texto constitucional veda "a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto quando houver compatibilidade de horários", em situações específicas, a saber: "Dois cargos de professor; um cargo de professor com outro técnico ou científico; e dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde, com profissões regulamentadas". Uma nova alínea poderia ser acrescentada, vedando também o acúmulo da aposentadoria com a permanência no batente.

Na sugestão nada há contra os que se julgam produtivos e querem continuar trabalhando. Que continuem, mas sem se aposentar, evitando o acúmulo! Sei que dificilmente uma ideia como esta será apresentada por algum parlamentar. Eles temem perder votos dos que desfrutam do privilégio, mas a situação exige coragem de mudar e o Princípio da Justiça manda tratar os iguais de forma igual e os desiguais de forma desigual. Deixo claro que não estou sendo contra os aposentados, afinal, se não for arrebatado para o Plano Espiritual nos próximos anos, também serei um deles futuramente.

Sem dissimulações e sofismas, por favor

Os políticos que estão contra o povo precisam parar com o discurso dissimulador de que o impeachment da Presidenta Dilma "é ruim para o Brasil, que piora a situação, que vai agravar ainda mais a crise" e coisas do gênero. Absolutamente não. Se Dilma cair vai ser pela incompetência do Governo mais corrupto da História do Brasil, repleto de mazelas e descaminhos, calcado em mentiras e enganações, que acabaram por afundar o país na pior crise da vida republicana.


Classe política precisa ouvir mais as ruas (Foto:Veja)


A Senhora Rousseff tem o maior índice de rejeição que um Presidente já obteve em todos os tempos. Não consegue se expressar quando não tem um papel para ler. Desconhecendo a característica democrática e livre do brasileiro, sonha em transformar nosso Estado em uma republiqueta bolivariana, que afundou outros países, entre eles a Venezuela, que sofre com desabastecimento e tem o povo acuado pelas forças do ditador Maduro.

Não se trata de  fazer prejulgamento no caso do impeachment. Haverá prazo suficiente para a acusada exercer o contraditório e a ampla defesa. Deixemos as coisas acontecerem ao seu tempo, mas, por favor, não vamos chamar ao centro da discussão o sofisma que nada ajuda no esclarecimento dos fatos. O povo quer roubo zero em todas as instituições, independente da identidade partidária, credo religioso, cor da pele etc. E quem for podre que se exploda. Tenho dito.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Onde está o Lula?

É intrigante e no mínimo estranho o silêncio do Ex-Presidente Lula, depois que a abertura do processo de impeachment da Presidenta Dilma, do PT, foi autorizada pelo Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha. Onde estaria Lula neste momento? Qual o porquê do silêncio? Abandonou a afilhada que ele tanto fez questão de deixar como sucessora na Presidência da República? Está com medo de arranhar a imagem se sair em defesa de Rousseff? O PT rachou? Dilma ficará isolada no momento em que cair em desgraça?


Lula parece não saber o que dizer


As respostas precisam aparecer, assim como o "dono" do PT. Depois que ameaçou até colocar o "exército dos sem-terra" nas ruas para defender a permanência de Dilma no comando do país,  não faz sentido simplesmente desaparecer e fazer de conta que nada está acontecendo. Alô Lula, o Brasil quer ouvi-lo!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Cuidado para não pedir voto a pessoa errada!


Lins e Kleber querem a ACDA

Às  vésperas da eleição para escolher a nova diretoria da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas, quando a garimpagem por votos está intensa, o Blog sente-se na obrigação de avisar a todos. O Sócio-Benemérito que vota é apenas aquele que também é radialista e/ou jornalista. É isso que diz o Estatuto da ACDA, no parágrafo terceiro, do artigo 22. 

O Sócio Benemérito, radialista ou jornalista profissional, gozará de todos os direitos do Sócio Efetivo, inclusive o de votar e ser votado, desde que tenha mais de cinco anos de filiação;

E por falar em Benemérito, parece que neste quesito o candidato Kleber Marques está alguns passos à frente de Jorge Lins. Pelo menos é o que temos visto na campanha de oposição, onde vários Beneméritos já declararam apoio a Kleber. Em tempo. O pleito está marcado estatutariamente para 20 de janeiro de 16.

Com Kleber Marques até no Norte


Kleber Marques, Márcio Martins (ABCD) e Wolney Alonso (Arler)

Mais um respeitado Presidente de entidade que abriga cronistas-esportivos está com Kleber Marques. Refiro-me a Wolney Alonso (Associação de Redatores e Locutores-Esportivos do Estado de Rondônia), que declara apoio ao candidato. Clique, aqui para ouvir o que diz o Presidente da Arler.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Uma eleição e nada mais

Li com muita propriedade uma postagem do experiente Lauthenay Perdigão, no Facebook, onde o cronista-esportivo alertava para o não acirramento de ânimos nesta fase próxima da eleição que vai escolher a nova diretoria da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas. Sábias palavras, mestre Lau. 


Perdigão: O que ele escreve a gente pode assinar embaixo

É preciso que se tenha maturidade para saber que trata-se apenas de mais um pleito, que todos continuarão convivendo depois dele, que não vale a pena criar inimizade por conta de um momento que vai passar. Pobre daquele que se indispuser, agora, pois poderá amargar um isolamento posterior. É preciso uma forte dose de Inteligência Emocional  neste momento.

Mais que jogar, o CSA será um desafio para Didira

Mesmo com toda a experiência que possui é bom o jogador Didira ter em mente o desafio que terá pela frente ao vestir a camisa do CSA. Vai enfrentar uma torcida que atua junto com o clube e exige do atleta performance de alto rendimento em todos os jogos. Não vai adiantar fazer uma partida excepcional e ficar três sem se apresentar em alto nível. A cobrança será muito grande, diferentemente do que acontecia no Asa, onde o atleta era praticamente tratado como um filho da Agremiação e o torcedor "tolerava" partidas disputadas com menos intensidade. 


Didira já navega nas águas do novo clube (Foto:GE)


Asa e CSA são duas grandes corporações de Alagoas, não resta dúvida, mas não é a mesma coisa jogar em um e no outro. A diferença está nas arquibancadas. Para se ter uma ideia, o público médio pagante, este ano, no Coaracy da Mata, durante a Série C, foi de 2.466 torcedores, resultado afetado pelo decisivo Asa x Tupi, em 19 de outubro passado, que teve 7.161 pagantes. Se retirarmos a exceção, chegaremos a uma presença média  de apenas 1.944 torcedores pagantes, o que, convenhamos, é muito pouco para uma cidade do porte de Arapiraca.

No CSA vai jogar para estádios com a capacidade praticamente tomada, com torcedores ávidos por vitórias e uma cobrança incessante. Já vi bons jogadores que atuavam no interior de São Paulo, que sucumbiram quando colocaram o manto azul e se depararam com uma arena pulsando. Sei que não será o caso de Didira. Acredito estar ele preparado para o desafio que assumiu, mas é sempre bom ficar ligado.